segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

CATEDRAL COPTA É BOMBARDEADA MATANDO 25 CRISTÃOS NO EGITO


Desde que a Irmandade Muçulmana foi deposta do poder por uma intervenção militar em 2013, o Egito se tornou um ninho de vespeiro - mais ainda - para os cristãos coptas, que são minorias.

Muitos são os casos de fúria popular muçulmana contra civis unicamente por serem cristãos, é difundido entre os muçulmanos a teoria conspiratória que a intervenção militar foi orquestrado pelos líderes coptas, entre eles o Papa Ortodoxo Tawadros II.

Desta vez bombardearam a Catedral de São Marcos, sede da Igreja Ortodoxa Copta, matando 25 pessoas e ferindo outras 35. O ataque se deu neste último domingo, durante uma missa.

A Irmandade Muçulmana foi rebaixado à clandestinidade pelo novo regime, por isso investem em táticas de guerrilhas aplicando ataques terroristas para desestabilizar o governo - aproveitando o ensejo da intolerância religiosa aos cristãos.

A comunidade copta é um dos grupos cristãos mais tradicionais do mundo, a Igreja Copta foi fundada pelo evangelista Marcos, discípulo de Jesus. Eles já habitavam séculos antes do surgimento do Islã, e viram o martírio de São Marcos sendo arrastado por cavalos em Alexandria. 


Fonte: https://www.jihadwatch.org/2016/12/egypt-muslims-bomb-st-marks-coptic-orthodox-cathedral-in-cairo-murdering-dozens

OBSERVATÓRIO DA FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário