sexta-feira, 12 de agosto de 2016

IMAM FORAGIDO APÓS MOLESTAR CRIANÇA EM AULAS DE ALCORÃO


Essa coisinha fofa frequentava aulas de Alcorão na aldeia de Dabki Junardar, na Índia, mas houve suspeitas sobre o clérigo muçulmano Kari Khalid estar trabalhando muito com crianças. É verdade que na Índia há um forte investimento em doutrinação islâmica para crianças, mas neste caso era um envolvimento mais próximo, e com muitas meninas.

Segundo as fontes, o líder espiritual (que de espiritual nada tem) mordeu o rosto da menina por ter tentado esquivar de ser molestada. Na mesma noite sua família prestou queixa à polícia local que começou as buscas e a invadir supostos esconderijos.

Apesar de não ter antecedentes criminais, há suspeitas que o Imam pode ter feito outras vítimas no interior da mesquita; pra isso estão coletando evidências no templo.

Apesar de ser repugnante para quase todos, muita gente no mundo muçulmano não enxerga dessa forma o contato íntimo com crianças pelo fato do fundador do islã Muhammad ter se casado com uma criança chamada Aisha, de 6 anos.

Na Índia é grande o índice de estupro e exploração sexual. É dura a vida da mulher nesse país fomentado pelas religiões hindu e islâmica - com excessiva brutalidade desta segunda.


Fonte: THE TIMES OF ÍNDIA

OBSERVATÓRIO DA FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário