sábado, 6 de agosto de 2016

AUMENTO DE CRISTÃOS EM MYANMAR


Myanmar, ou Birmânia é um país com a religiosidade predominantemente budista, quase 90% da população segue a religião com uns pouquíssimos hindus e muçulmanos. O cristianismo é a segunda maior religião do país.

Como sendo país que passou por guerras, ditaduras e revoltas teve pouca mobilidade para o levantamento de estatísticas; mas uma coisa é certa, é um país acentuada religioso.

Os cristãos têm sido o grupo com maior número de crescimento no país, hoje chega a casa de 6,2%, ou seja próximo a 4 milhões de pessoas. Ainda que seja irrisório em comparação aos budistas, já consegue despertar inseguranças nos grupos budistas mais fanáticos e nacionalistas (acreditem se quiser, existem budistas fanáticos!)

Os budistas mais extremistas, a exemplo do Sry Lanka e Butão, temem que seu povo percam e identidade de suas tradições religiosas com o aumento do cristianismo no país. 

Não é difícil encontrar casos de terrorismo promovido por budistas. Há um caso que budistas atacaram ferozmente um grupo de muçulmanos a ponto de matar centenas deles e expulsarem o resto para Bangladesh.

Talvez seja devido a maior abertura política do país ao qual trouxe mais liberdade para novas expressões, muitas vezes, auxiliado pelo aumento e promoção do turismo no país. Que diga-se de passagem, têm paisagens exuberantes além de muita relíquia histórica das civilizações anteriores.

Fonte: WWM

OBSERVATÓRIO DA FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário