sábado, 27 de agosto de 2016

ARGÉLIA: CRISTÃO RECEBE PENA MÁXIMA POR ''BLASFÊMIA'' EM REDES SOCIAIS


Slimane Bouhafs, 49 anos, foi condenado a cinco anos de prisão e uma pesada multa por proferir blasfêmias contra o Islã e Muhammad pelas redes sociais. Por ser cristão, ele postou um texto sobre a ''verdade de Cristo superar a mentira do islamismo e seu profeta'' além de postar uma foto de uma execução a um civil feita por um terrorista islâmico.

Ele é um ativista político no país e um entusiasta da democracia e da liberdade religiosa. O islamismo é a religião do Estado na Argélia e criticá-la deixa o cidadão vulnerável a punições.

O presidente da Igreja Protestante da Argélia diz que seu advogado vai recorrer da sentença. O vice-presidente da Liga Argelina para os Direitos Humanos considerou a decisão judicial um ataque à liberdade de consciência de culto consagrados na Constituição do país.

A Argélia é um país esmagadoramente islâmico: dos 41 milhões de habitantes, há somente 35 mil protestantes, 5 mil católicos e 500 judeus. Quase toda comunidade cristã no país é composta por ex-muçulmanos.

Fonte: TERROR SCOOP

OBSERVATÓRIO DA FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário