quinta-feira, 26 de maio de 2016

ESCÓCIA: MUÇULMANO DESEJA FELIZ PÁSCOA AOS CRISTÃOS E É MORTO COM 30 FACADAS EM GLASGOW.


Asad Shah, 40 anos foi assassinado com 30 facadas no local onde vivia, Glasgow, onde também trabalhava de lojista. Sua morte foi consequência de sua grande simpatia aos cristãos e ter desejado feliz páscoa aos cristãos e sua 'amada nação cristã' Escócia.

O indivíduo que o matou é um muçulmano sunita e já está preso. O sunismo é a vertente mais populosa no islã em todo o mundo, já Asad Shah é da vertente Ahmad, seita islâmica perseguida pelos "irmãos de fé".

Os muçulmanos da seita Ahmad acreditam foi fundada no século 19 e acreditam que Jesus apenas desmaiou na cruz e, quando recobrou os sentidos, fugiu para a Índia. Essa comunidade é enfática na não violência e tolerância para com outras religiões.

Não só os Ahmadis são odiados pelos muçulmanos, mas também os Sicks, os sufis, os alauítas, ismaelitas, os drusos, dervishes, tariqas e muitos grupos xiitas também, pois são considerados heréticos para a doutrina do Alcorão.

Não só em Glasgow, mas em muitos lugares da Europa é notório o aumento da violência por motivação religiosa, praticados por adeptos da religião islâmica.

Fontes:
WASHINGTON POST
DAILY MAIL ON LINE

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário