quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

JUDEUS EXTREMISTAS: LEVAHA HOSTILIZA TAMBÉM OS CRISTÃOS


Em Israel há um grupo extremista de judeus ortodoxos chamado Lehava; eles não admitam uma presença influenciadora de outros não-judeus - inclusive de cristãos. Tanto que há relatos de monges e freiras sendo hostilizados por essa facção.

Bentzi Gopstein (foto), líder do grupo, disse a uma TV israelense que a presença cristã não é bem-vinda, também disse publicamente à imprensa no ano passado que as igrejas cristãs devem ser queimadas.

Percebe-se que tem crescido casos de extremismo judaico, na parada gay de Tel-Aviv um judeu saiu esfaqueando alguns que participavam do evento. Eles são contra a assimilação de outras culturas e costumes que fogem às suas tradições em suas terras.

Seria no mínimo muito estranho haver um grupo desse gênero, haja vista, Israel ter forças armadas de ponta (em caso de agressões externas e internas). Outro caráter de criminalidade é o fato de atacar até cristãos - por não haver hostilidade atual entre judeus e cristãos -, a não ser que eles invocam águas passadas como a perseguição judaica na Inquisição, ou coisa do tipo.

Fonte: IMEMC
Fonte: VEJA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário