sexta-feira, 13 de novembro de 2015

PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS EM GRANDE ESCALA NA INDONÉSIA


Na Indonésia - maior país islâmico do mundo - mesmo tendo por regime uma ditadura havia certa tranquilidade interreligioso entre cristãos e muçulmanos. Mas, parece que o extremismo e o sentimento odioso virou um surto global - até nos "moderados".

Tem crescido enormemente ataques e demolições em igrejas cristãs, os pretextos são que muitas delas não estão regularizadas pelas autoridades; inclusive, as próprias autoridades estão auxiliando nesta tensão social anticristã.

Em outubro todos os muçulmanos do distrito de Aceh marcharam exigindo que todas as igrejas irregulares sejam fechadas; três dias depois os líderes islâmicos concordaram em demolir as igrejas não registradas, eram aproximadamente 10.

No dia seguinte, cerca de 700 muçulmanos armados com facões e machados foram demolir uma igreja que não estava na lista dos que iam ser demolidos, depois foram para outra igreja onde encontraram resistência e um cristão foi morto por um tiro na cabeça.

Cerca de 8.000 cristãos foram deslocados e se refugiaram em províncias vizinhas. Os líderes islâmicos, evidentemente raivosos e desejosos de perseguir cristãos, emitiram mensagens de texto: "Nós não vamos parar de caçar cristãos e queimar suas igrejas. Os cristãos são inimigos de Allah!"

Enquanto os cristãos desabrigados estão desesperadamente esperando assistência solidária como alimentos, roupas e medicamentos vários muçulmanos estão fazendo questão de vigiar os limites da províncias para matá-los.

Já se foi o tempo em que havia certa paz para os cristãos da Indonésia, já se foi que o país asiático tinha a fama de terem o "islã moderado" e tolerante. Muito se sabe que o Estado Islâmico também seus ideólogos neste país.


Fonte: CJ

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. Um pouco por todo o mundo parece haver o triunfo do mal pelo mal.
    Será que os homens enlouqueceram?

    ResponderExcluir