sábado, 7 de novembro de 2015

ESCRAVA SEXUAL DO ESTADO ISLÂMICO É OBRIGADA A RECITAR O ALCORÃO DURANTE ESTUPROS


A jovem não está morta, está viva, pois foi comprada por um homem que denunciou os abusos.

A garota tem 17 anos e havia sido sequestrada quando o Estado Islâmico Shingal. Ela era ameaçada a pena de chibatadas e água fervente nas coxas caso não realizasse os desejos de seu "dono".

O homem que comprou a garota (uma forma de libertação) levou outras três, entre elas, uma garotinha de 10 anos.


Fonte: YAHOO

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário