segunda-feira, 7 de setembro de 2015

REFUGIADOS MUÇULMANOS ESTÃO ADERINDO AO CRISTIANISMO EM GRANDE ESCALA, POR QUÊ?


Há um número crescente jamais visto na Europa de muçulmanos, principalmente os refugiados, se convertendo (ou aderindo, Deus o sabe) a fé cristã. Algumas em igrejas católicas, outras em protestantes.

Há refugiados vindos da Síria, Iraque, Afeganistão e países da África por motivo de guerra civil, perseguição religiosa e carestia. Nisto está ficando uma situação complicada pra Europa, que aos poucos está ficando convulsionada - principalmente nos países que recebe imigrantes indiscriminadamente.

No entanto, têm surgido questões do porquê dessas conversões. Muitos alegam que os imigrantes estão se aproveitando para se tornar cristãos e melhorar o status de refugiado e ganhar asilo, assim com melhorar as condições onde estão instalados; e dessa forma, o país receptor não deportaria um cristão à um país muçulmano sabendo das perseguições religiosas que acontece por lá.

Porém há casos reais de perseguidos religiosos como a iraniana Zonoobi, que havia assistido cultos secretos no Irã; se converteu, e fugiu para Alemanha após muitas prisões de cristãos na terra de Khomenei.

É claro que isso se torna uma estratégia pra muitos se instalarem sem problemas na Europa, mas também os que realmente fogem das decapitações, desterros e perseguições religiosas. É uma situação complicada pois beira nos dilema entre ajudar os irmãos perseguidos e rechaçar os vagabundos e terroristas infiltrados; ajuda humanitária e combater o iminente caos no Velho Mundo.



Fonte: SHARIA REVELADA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário