segunda-feira, 7 de setembro de 2015

PERPLEXIDADE EM NÍVEIS ELEVADOS


A Criação aguarda com ardente expectativa a manifestação dois filhos de Deus” (Rom 8:19) ... que bela manifestação estamos vendo!
A natureza é expectadora da grande habilidade do ser humano em se rebaixar na irracionalidade dos animais (irracionalidade???)
De um lado do Mediterrâneo, seres a quem chamamos humanos montam seu “mundo ideal” a custo de muitas degolações; do outro lado, um continente quase pós-cristão se debatendo para lhe dar com as realidades que pululam fora do campo das teorias sociais.
Estão criticando algumas partes da imprensa que divulgaram o vídeo como “forte demais”. Eu digo que forte demais é a frieza na valoração da vida humana (também entre os camarotes das redes sociais) e pela mesquinharia de todos os lados - porque todos dessa história têm a pretensão de “salvar” o mundo. 
Ainda que essa frase não soa como verdade de evangelho, pelo menos soa o que se aproxima da realidade que: “Quanto mais eu conheço os homens, mais admiro os animais! ”
Já não há Psicologia, ideologia, religiosidade e politicagem que explica, ou muito menos que sana a nossa perplexidade de um mundo que enche a medida de seus pecados deixando-a madura para o Julgamento.
Dizia Santo Agostinho - “Uma virtude simulada é uma impiedade duplicada: a malícia une-se a falsidade. ” Só assim para entender tanta indiferença da maioria boa diante da minoria sanguinária! Quem diante de tanto valor invertido poder fazer a simples terapia moral de se colocar no lugar de alguém? 
Eu particularmente não me colocaria no lugar nem dos sírios nem dos europeus; não tomo partido nem do Sul muito menos ao Norte do Mediterrâneo. Mas se é para admirar os animais, que eu me coloque no lugar deles como nesta representação. Que fique no “entre terras”, cujo lugar é o palco/vitrine da administração humana da terra que Deus nos deu.


Extraído do facebook; de Ezequiel Domingues dos Santos

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário