quinta-feira, 4 de junho de 2015

TÚMULO DO PROFETA NAUM EM RISCO COM ESTADO ISLÂMICO SE APROXIMANDO


Onde o Estado Islâmico se aproxima e pisa chega o caos, morte e destruição. Em todos os aspectos, todas as mazelas que se pode imaginar os jihadistas são capazes para promover o genocídio em nome de Allah - até mesmo genocídio da história.

Sendo esses monoteísta além de forçar pessoas de outras religiões a se converterem ao islã, também se desfazem de todos os ídolos, objetos sagrados e símbolos que representam outra religião (ou o regime antigo)... típico de ditadores déspotas.

O Estado Islâmico já destruiu riquezas arqueológicas antiquíssimas como o túmulo do profeta Jonas, igrejas e mosteiros milenares, desejam a destruição até as pirâmides do Egito!! Mas agora o que está em risco é o túmulo do profeta hebreu Naum.


Ele é guardado por uma família de cristão assírio na cidade de Al Qosh, lugar antes habitado por judeus. Esse túmulo ainda era visitado por peregrinos judeus (acho incrível que ainda judeus entram no Iraque). Após 1953 com emigração judaica, essa família prometeu aos judeus que protegerão esse lugar histórico assim como esse túmulo que é significativo para a religião judaica.

Os genocidas do Estado Islâmico estão a dez milhas de distância desse local. É fato que assim chegarem destruirão esse túmulo com prazer diabólico e farão com essa família o que mais gostam de fazer: decapitar! pena de execução direcionado aos cristãos principalmente.

Fonte: AINA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário