sábado, 16 de maio de 2015

TERCEIRO BLOGUEIRO É ASSASSINADO POR MUÇULMANOS EM BANGLADESH, E OUTROS 75 NA LISTA NEGRA


Quando se trata de histeria travestido de religião ninguém está seguro, nem mesmo quem é ativista de teclado como um mero blogueiro que expõe suas opiniões nas redes sociais. Ataques contra blogueiros críticos do islã assumiram uma regularidade preocupante em Bangladesh.

Ananta Bijoy, 32 anos, foi morto no dia 14 de maio enquanto ia ao trabalho. Quatro homens o bateram nele ferindo-o com cutelos e facões segundo a polícia local. 



Este ano em Bangladesh foi terceiro caso de mortes de blogueiros que costumam postar artigos que criticam o islã - mais necessariamente do extremismo islâmico e da influência exacerbada da religião no cenário político - haja vista alguns escritores serem secularistas humanistas.

Nos últimos dois anos, vários blogueiros tem morrido por conta de suas opiniões na internet; em 2014, os Repórteres Sem Fronteiras informou que um grupo chamado "Defensores do Islã" em Bangladesh publicou uma "lista negra" de escritores opositores do islã. Eram 84 blogueiros listados e marcados pelo grupo - nove deles já estão mortos e outros já foram atacados. 



Ananta era ateu que escrevia para o blog "Pensadores Livres" cujo o assunto central era o tema "religião e ciência", assim como emitia críticas ao fundamentalismo tanto do islamismo como de outras religiões. 

Ele era também editor de uma revista científica local "Razão", e escreveu vários livros, incluindo um trabalho sobre Charles Darwin.

Não há tréguas para o fundamentalismo islâmico. Não importa se é grandes jornais, chargistas, blogueiros ou adeptos de outras religiões - quem manifestar sua posição contrária é uma pessoa marcada pra morrer... Será que o deus deles necessita de proteção contra blogueiros terráqueos?


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS






Nenhum comentário:

Postar um comentário