sábado, 14 de fevereiro de 2015

EFEITO NOTÁVEL DO MULTICULTURALISMO NA SUÉCIA


Desde que a Suécia aderiu ao multiculturalismo, a moralidade, a impulsividade e o crime aumentou drasticamente - assim como em todos os lugares onde tal medida política alcança. No país nórdico o crime aumentou em 300% e estupros a 700% ficando em segundo lugar no mundo onde mais se comete esse crime perdendo apenas para o Lesoto.



Muito são os fatores. Nesse tempo se conta a segunda geração de imigrantes que são contados como suecos; faz quarenta anos da abertura sueca. Outro fator é a frouxidão da justiça em casos de estupros - há casos de absolvição com provas explícitas.

De fato é um choque social impactante devido o contrastes de diferenças nas concepções de mundo, de sexo e de feminilidade entre os imigrantes do Oriente Médio e África e os escandinavos. Não que o crime sejam por culpa desses, mas o ambiente fica emocional e comportalmente evasivo nas relações sociais.

No entanto, há políticos que declaram a comprovam explicitamente, que o aumento da criminalidade (mais necessariamente dos estupros) têm correlação com o aumento de imigrantes do Oriente Médio e Norte da África.

Michael Hess está sendo acusado de "difamador de etnias" por dar evidências estatísticas de que o aumento da criminalidade se deve ao excesso de imigrantes. Hess conhece países onde mulheres são maltratadas como os muçulmanos. Devido a suas críticas já sofreu acusações e processos com algum tipo "fobia" existente.

É necessário rever essas políticas chamadas de inclusão pois também são incluídas modos de vida de outros lugares do mundo, modos esses que pra eles são normais mas pra outros são crimes. É bom rever rápido, pois o mal também se desenvolve... já existe uma nova modalidade de estupro: O "estupro coletivo".


Fonte: GATESTONE

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. Um grande absurdo, sem dúvidas.
    Mas gostei por você trazer os dados para nós, é sempre importante sabermos mais sobre o que acontece em outros lugares.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir