sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

O VERDADEIRO INIMIGO DOS PALESTINOS: UNIÃO EUROPEIA


As tentativas são as várias e de todas as formas a diluição do Estado de Israel para a implantação do Estado da Palestina, o qual é reivindicado por muitos palestinos, pela grande mídia mundial e pela União Europeia mesmo tapando os olhos diante do Hamas que mata seus próprios compatriotas cometendo vários crimes contra crianças e civis.

O projeto em debate para fomentar mais caos nessa faixa do Oriente Médio é a promoção da Primavera Palestina - algo parecido como a Primavera Árabe - com o apoio maciço dos europeus. 

Eles contam com a verdadeira democracia do Estado Judaico para a defasagem de todas as suas estruturas, haja vista, revoluções não darem certo em ditaduras. Além do mais, a Organização das Nações Unidas têm por ações contínuas aliviar condenações para países opressores e superlativar erros em países democráticos onde há "excessos" de direitos como é o caso de Israel - única democracia verdadeira do Oriente Médio.

Veja as resoluções da ONU sobre Israel em detrimento do que se passa no Oriente Médio. A injusta judeofobia:


(Observe que não há nada para a Venezuela, mesmo o governo de Maduro matar 3.000 estudantes em protestos. A Lei de Blasfêmia do Paquistão não é contado, nem as execuções aos cristãos no Irã. A opressão do governo sudanês aos cristãos passa de largo. Cuba então parece até um paraíso com aquele 0)

Não há menção das repressões da liderança palestina sobre seus cidadãos, nem mesmo o recrutamento de crianças para a prática do terror e o aparelhamento de todas as instituições públicas como núcleo militar. Porém, outra sombra se projeta sobre os novos projetos contra Israel: O aglomerado das redes de jihad na Terra Santa.

É um prato cheio para a Al Qaeda, Hamas, Jihad Islâmica, Estado islâmico com o auxílio do Boko Haram, AL Shaabab e Magrebe Islâmico que encontrarão facilidade para tentar algumas penetrações, assim como o Hamas tem tentado. Todos esses grupos são subsidiados por mutia lavagem de dinheiro vindos das teocracias do Oriente Médio, como se sabe, desejam abertamente o fim de Israel.

Todos negam a história que legitima o Estado de Israel, negam o aspecto criminoso desse movimento falsamente religioso e étnico, negam as notícias tendenciosas anti Israel, negam o favorecimento ao terror, que, é feito por armas e genocídio no Oriente Médio, e com canetas na União Europeia.

E os mais prejudicados nisso é o próprio povo palestino. Há muitos casos do Hamas impedir a fuga de palestinos para o lado de Israel atrás de ajuda e hospital, casos de crianças obrigadas a ficar ao lado de morteiros para as miras de Israel detectar a presença de inocentes e não atacar, misseis embaixo de hospitais e escolas, execução de supostos delatores palestinos... pois bem, tudo isso foi praticado por esses que desejam "libertar" a Palestina.

Já viram algum soldado israelense matar seus compatriotas? Ou usá-los como escudo humano? Já ouviram declarações preconceituosas contra o Islã ou os árabes e até mesmo os palestinos? Os muçulmanos e palestinos têm até cadeira no parlamento de Israel de tão democrático que é a única nação judaica do mundo!

De fato, a destruição e o fim do Estado de Israel é um disparate, um mal que abalará toda a estrutura democrática e de direitos do mundo, o Ocidente perderá de vez o que resta de sua virilidade. Pois uma das maiores democracias do mundo ficará nas mãos de um grupelho pau mandado daqueles que fazem indiferença diante de decapitações de cristãos e reprimem qualquer tipo de oposição.

Fonte: GI

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

1. EDUCAÇÃO VERSÃO HAMAS
2. HAMAS NÃO RESPONSABILIZADO POR CRIMES DE GUERRA
3. UMA GUERRA MAIS SUTIL: PROPAGANDA
4. CUMPRIMENTO DE PROFECIAS A OLHO NU: ANTIJUDAÍSMO
5. A MALDADE INTERNACIONAL ANTIJUDAICA
6. FAMÍLIA ISRAELENSE DOARAM RIM PARA CRIANÇA PALESTINA
7. HAMAS: "NÃO SOMOS TERRORISTAS, APENAS QUEREMOS DESTRUIR ISRAEL"

Um comentário:

  1. eu já não confio mais em nenhum deles, e eu posso está enganada e errada mais o fim da Palestina e de Israel não vai ser nada boa neste ano e aos outros que vierem. A conversa deles está muito mansa com muita pausa, só sei que não acredito mais em nenhum destes países.

    ResponderExcluir