domingo, 18 de janeiro de 2015

NÍGER: IGREJAS SÃO QUEIMADAS EM MANIFESTAÇÕES ANTI-CHARLIE HEBDO


Charlie Hebdo provocou protestos em todo o mundo islâmico com sua nova charge que figurava o profeta Maomé. E quem agora pagou por isso foram os cristãos que vivem no interior dos muitos países hostis à religião cristã.

No país africano do Níger, cinco igrejas foram saqueadas e incendiadas por manifestantes islâmicos por causa da tal charge publicada pelo Charlie Hebdo. Muitos outros prédios públicos e edifícios foram danificados pelos manifestantes que se acredita, eram maioria composto de jovens.

De acordo com as fontes locais, quatro pessoas foram mortas, entre elas um membro da força de segurança.

O Níger é um país secular conhecido por uma relação pacífica entre as comunidades religiosas. A grande maioria dos seus 17 milhões de habitantes são muçulmanos.

No entanto, desde 1990 estão surgindo grupos extremistas sem qualquer relação pacífica com as minorias cristãs. Igrejas católicas e evangélicas já sofreram atentados em 1998, 2000 e 2012. O país também sente as ameaças externas vinda de países vizinhos como Nigéria pelo grupo terrorista já conhecido por muitos: Boko Haram e afiliados da Al Qaeda.


Fonte: WORLD WATCH MONITOR

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. Continua a matança dos inocentes.
    A nossa sociedade preocupa-se mais em destruir os puros de coração do que corrigir os que erram.

    ResponderExcluir