segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

MULHER É DECAPITADA NA ARÁBIA SAUDITA (COM VÍDEO)





A Arábia Saudita vive em uma ditadura islâmica e suas formas de punição são extremamente repugnante aos nossos olhos. As formas de julgamento são essencialmente injustas e irregulares.

Com três golpes, uma mulher birmanesa é decapitada por um crime que até o fim jura inocência aos gritos de "eu não matei!" A acusação era de que ela tinha abusado sexualmente e matado sua enteada de sete anos.

No ano passado 87 pessoas foram executadas; só esse ano já foram 10. A execução foi gravado provavelmente secretamente por um agente de segurança pública.

Uma marca de governo antidemocráticos, extremistas e fissurados por controle são a facilidade pra executar sem o mínimo de sensibilidade e respeito às instâncias. Não há os processos de julgamentos, direitos de defesa, pedidos de clemência, discussões sobre as penas dependendo da gravidade do crime etc.

A execução pode ser assistido nesse link: LIVE LEAK

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS



Um comentário:

  1. Povo que sofre em silêncio.
    Liberdade existe apenas para quem governa matando quem lhe faz frente até pelo silêncio.
    Não compreendo esse deus cego, surdo e impiedoso...apenas sabem matar os simples e indefesos.

    ResponderExcluir