sábado, 3 de janeiro de 2015

EX-TRAVESTI EDNEI


Ednei começou a sentir atração por homens aos 14 anos de idade e logo assumiu pra todos sua homossexualidade. A família conservadora teve dificuldades em aceitar, ao passo que com o tempo foi se acostumando até que então ele começou a se tornar um DragQueen e se vestia como mulher.

Ele começou a fazer shows, se prostituir e se drogar com ecstasy a ponto de ficar dependente da droga. Depois do ecstay conheceu a cocaína se degradando ainda mais na lama da iniquidade. Ficava no ciclo vicioso de prostituição e drogas... um sustentava o outro.

Passando o tempo, sua mãe ansiava pela sua transformação e orava por isso. Ednei conseguiu um emprego e começou a ser evangelizado. "Disse a mim mesmo: 'Tenho que mudar a minha vida, estou vendo não o Ednei, mas um corpo sem vida", recorda.

Então decidiu frequentar uma igreja cristã evangélica, IURD - Igreja Universal do Reino de Deus e parou de fumar, usar drogas e se prostituir. Passou a buscar a Deus fervorosamente e seu interior foi se transformando. Venceu todos os vícios que o escravizava, também deixou a homossexualidade.

Ele se diz um homem realizado por dentro e por fora. Não há mais vazio, tristezas e vícios em sua vida; se tornou definitivamente uma nova pessoa.

Fonte: IGREJA PALAVRA DE DEUS

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS



2 comentários:

  1. Graça e paz irmão.
    Feliz 2015
    Sempre edificante os testemunhos que posta.
    Abrços,

    ResponderExcluir
  2. Ednei precisou passar por todo esse processo para buscar a Deus. Ele e sia mãe sofreram muito mais depois veio a alegria de uma mãe por seu filho e de seu filho por sua mãe, que Deu possa abençoar muitos que estão passando por este processo.

    ResponderExcluir