domingo, 11 de janeiro de 2015

EX-LÉSBICA NÁDIA


Já comecei trabalhar logo aos 12 anos de idade e já nessa época demonstrava ter um pouco de maturidade; aos 14 anos até namorava um cara que trabalhava comigo. Praticamente era nula a minha comunhão com Deus.

Mesmo na igreja, comecei a ter muitas dúvidas no coração; não estava mais focado no Altar até que subiu ao meu coração: "Você quase não vai a igreja devido ao seu trabalho, pra quê ser obreira se nem uniforma você usa?, e melhor ser um membro do que ser um trabalhador e ir ao inferno..." Pensava que a minha comunhão dependia da igreja física, grande ilusão.

Decidi largar tudo e ir para o mundo, terminei o namoro com o rapaz e entreguei o uniforme (que mal usava) da igreja, o pastor tentou me ajudar a não cair nos enganos do diabo. Mas relutei e sai da igreja.

O desejo de conhecer o mundo era frenético, meu coração realmente estava sendo engodado pelo deus deste século. Comecei a fumar, beber, me relacionar com homens; porém estava ficando insaciável... desejei me relacionar com mulheres. A partir daí me degradei mais nos vícios partindo para vários tipos de drogas: maconha, cocaína, ecstasy, lança perfume e quase sofri uma overdose. Me relacionei com mais de 80 mulheres.

Apesar da vida que levava, sentia-me muito vazia, todos os dias antes de dormir pedia perdão a Deus e dizia que não sabia por onde começar a mudança em minha vida. Então surgiu a depressão, medo, angústias, comecei a colher os frutos que eu mesmo plantara, porém ainda não era o fundo do poço. Certa noite, meu coração começou a acelerar, minhas mãos ficaram frias e a boca seca, acho que minha pressão arterial abaixou. Pedi pra minha mãe levar-me ao médico que disse para o meu espanto: "Sua saúde é perfeita, você não tem nada. O que você precisa é de apenas de um psiquiatra pois seu cérebro está doente; é tudo coisa da sua mente."

Naquele momento percebi que precisava de Deus, minha alma estava muito doente e estar longe de Deus contribuía e muito pra isso. No dia seguinte eu estava resoluta em voltar para os braços do Pai, mas estava difícil pois o desejo de matar e acabar com tudo era muito forte. Ajoelhei-me no banheiro e disse: "Deus, se você realmente existe, me ajude a recomeçar! Naquele momento consegui ter forças, fui para a Universal com a minha ex-namorada e um amigo. Já no domingo me batizei e terminei de vez com minha namorada pra nunca mais voltar.

Hoje, graças a Deus estou livre de todos os vícios, do vazio e tristeza, da homossexualidade. Hoje tenho verdadeira paz e alegria interior. Estou namorando um obreiro da igreja, sou universitária e gosto ajudar outros jovens através da minha história. O Espírito Santo me fez uma nova mulher, feliz e realizada.


Fonte: O BISPO

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

EX-LÉSBICA CLEICE BARBOZA

EX-LÉSBICA FABRÍCIA

EX-LÉSBICA KRISTIN TREMBA

EX-GAY CHARLES

EX-HOMOSSEXUAL ROBERT

EX-TRAVESTI DIEGO ABEL

EX-DRAGQUEEN SATÂNICO

EX-TRAVESTI SILAS FURTADO

EX-TRAVESTI MURILO SILVA

EX-DRAGQUEEN RAMON PEDRO

EX-TRAVESTI PEDRO JAIRO

EX-GAYS E A LISTA DOS LIBERTOS

EX-GAY JOSEPH SCIAMBRA

EX-LÉSBICA CLAUDIA GIMENEZ

EX-HOMOSSEXUAL JEFFERSON

EX-GAY : O BLOG

EX-HOMOSSEXUAL TIAGO

EX-HOMOSSEXUAL JONATHAN BARBOSA

EX-GAYS LAVADOS, SANTIFICADOS E JUSTIFICADOS

EX-TRAVESTI VICTOR HUGO

EX-ROMÁRIO GARCIA

EX-LÉSBICA ROBIN BECK

EX-LÉSBICA ANÔNIMA

EX-LÉSBICA ANDRESSA CAIO

EX-GAY ALLAN CHAMBERS

EX-TRAVESTI EDINEI

EX-LÉSBICA DAYANE

EX-TRAVESTI LUIZ


Nenhum comentário:

Postar um comentário