quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

UM 2016 COM POUCO MAIS DE ''OXIGÊNIO'' NA ALMA


Não há como negar que vivemos em tempos de insanidade, histeria, loucuras e confusão. Os tempos e forças dessa época estão, aos poucos, engolindo nossa tranquilidade e paciência de viver a tão cultuada felicidade.

É desespero pela sobrevivência, pela prosperidade, pelo amor pela redenção de tal modo que nossas angústias começam a fazer parte do caráter atrofiando nossos mais meros e singelos sentimentos elevados de pacificação.

O ano de 2015 não foi como muitos esperavam, há prognósticos de que 2016 não seja. Uns desejam a melhora para que seus corações sejam apaziguados, outros desejam o pior segundo suas concepções ideológicas para favorecerem uma potencialidade de mudança - complicado saber a condição, situação e mentalidade de pessoa.

Seja a beira de colapsos, de catástrofes, de tragédias o ser humano conseguiu se adaptar ou encarar e sobrepor com louvor. Que em 2016 não seja diferente! Independente do que está nos esperando, a importância de encarar com coragem as aflições que nos sobrevêm é primordial para sua resistência e crescimento - até porque existe uma antiga advertência que ela viria sobre todos.

Nem otimista nem pessimista! a realidade e as possibilidades estão regados a grosso modo de ambas inclinações. Viver na fronteira entre as realizações humanas em tempos de crise e o fatalismo de que tudo é a vontade de Deus - entregando tudo de mão beijada àquele que "tudo pode, e que nenhum de seus planos podem ser frustrados." (Jó 42:2)

Aos que passarem por aqui e lerem esse texto, dou os meus votos de Feliz 2016 com o pé no chão, as mãos ao alto e fé no coração!


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

NIGÉRIA: FAMÍLIAS CATÓLICAS E EVANGÉLICAS SÃO ABATIDOS POR PISTOLEIROS


Na Nigéria há uma incorporação de algumas tribos com as religiões mundiais como no caso da tribo Fulani, caracterizado pelos pastores de gado. No todo os problemas étnicos e tribais são os mesmos, com a simples diferença é que agora está sob a chancela das mega religiões globais.

Em uma aldeia cristã perto de Jos, os fulanis mataram 15 cristãos incluindo duas crianças pequenas. A mãe das crianças resistiu para salvar as filhas, mas em vão; todos foram assassinado pelos criminosos.

Não se sabe o motivo dos ataques. Porém há se entender que não é preciso motivos aparentes para atacarem pessoas inocentes, quanto mais se tratando em lugares onde não há visibilidade midiática como em Paris por exemplo...

Eis alguns nomes das vítimas:

  • Kaneng Nyen Gbari, 46 anos
  • Dorcas Timóteo e Rose Timóteo (filhos de Kaneng)
  • Anna Mateus, 5 anos
  • Mateus, 3 anos
Não há distinção para esses bárbaros para sexo e idade, não há valor a vida. As duas famílias pertenciam as Igreja Católica e Assembleia de Deus.


Fonte: SHOEBAT

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

sábado, 19 de dezembro de 2015

COREIA DO NORTE: PRISÃO PERPÉTUA A PASTOR CANADENSE


Esse protótipo da Besta apocalíptica tem um vasto histórico de execuções sumárias em cristãos, alguns podem ser encontrados nesse blog. É um governo movido pela histeria e pela neurose de golpes iminentes (semelhante ao PT no Brasil) mas, de forma mais agressiva e intolerante.

A vítima dessa vez é o pastor canadense Hyeun-soo Lim que já acostumava entrar e sair sem problemas (mas continuamente vigiado) para as obras humanitárias em creches, asilos e famintos. Mas os agentes secretos disfarçados pediram pra ele voltar, então o prenderam, interrogaram (com possíveis torturas) e agora foi sentenciado a prisão perpétua por "tentar criar um Estado religioso e derrubar o regime atual". 

Também esse pastor presbiteriano é acusado de subsidiar grupos cristãos clandestinos (o que já é crime na Coreia), de ter patrocinado as construções das igrejas subterrâneas - onde 33 cristãos foram executados - e de ser espião da Coreia do Sul e EUA.

Para a ditadura nortecoreana os cristãos sempre estarão à serviço do capitalismo e das potências ocidentais e por isso deixam seu próprio povo na miséria e fome extrema. Para se ter um mínimo de dignidade nesse país somente sendo soldado do regime (e de boca calada).

Casos recentes de atuações contra cristãos:


  • John Short, australiano de 75 anos foi detido na Coreia por deixar panfletos cristãos, mas liberado duas semanas depois de se desculpar.
  • Kenneth Bae, coreano-americano condenado a 15 anos de trabalhos forçados por transportar materiais de propaganda de conspiração contra o governo.
  • Kim Jong-Wook, sul coreano que foi atraída por agentes secretos em 2013 e imediatamente preso. Foi condenado a prisão perpétuo por tentativa de derrubar o regime.
  • Robert Park foi torturado por 43 dias por ter cruzado a fronteira e protestado contra os crimes contra a humanidade prático pelo "governo" da Coreia do Norte.
  • Antigos prisioneiros nos campos de concentração dizem que algumas pessoas que não conseguem mais trabalhar, de tão fracas por não darem comida suficiente, são amarradas e jogadas num grande forno -  ainda vivos! 
Fonte: WWM


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

UM ''ESTADO CRISTÃO'' NO CELEIRO DA JIHAD EUROPEIA


A Bélgica, desde o início da "era do terror", sempre foi um abrigo de culturas terroristas. Lá que apareceu a primeira mulher-bomba ocidental, lá é a ponte de muitos terroristas pra atuar na França e outros países.

Quase não se ouve ataques terroristas em grande escala nesse país, mas é de lá que saem os mentores, os aprendizes do terror, a recrutação jihadista (até com brasileiros) e os planos de ação. É na Bélgica onde se encontra o maior número per capita de extremistas religiosos do bloco europeu.

Mesmo sendo o islã apenas quase 5% da população local, já se ouviu que há mais de 1000 jihadistas desde aqueles que vão e retornam da Síria, das crianças sendo catequizadas e de imigrantes. A segurança na Bélgica é um caso sério! 

Porém, parece ser aparentemente razoável o surgimento de forças populares de oposição já que o povo está insatisfeito com o desgoverno nesses casos. É compreensível o entendimento que "situações extremas pedem medidas extremas", mais ainda vendo um ocidente politicamente correto cuja a preocupação está mais em lutar contra a islamofobia enquanto seus cidadãos são massacrados em nome de Alá.

Nisto surge o "Estado Cristão". Até agora indefinível, até agora sem rosto, sem bandeira; apenas com cartas ameaçadoras às algumas mesquitas locais! É nesse ponto que é bom observar.

Segundo as notícias, a carta não ameaça somente os grupos radicais ou as vertentes mais austeras do islamismo, mas todos! Sejam mesquitas, sejam negócios, homens, mulheres, crianças e ainda - segundo o noticiário - intentam abatê-los e crucificaram como o Senhor Jesus! Além do mais, a carta apresenta traços de desequilíbrio mental do autor da carta (se for assim então não há o que se preocupar).

Sendo ou não legítima ameaça, é necessário haver moderação nessas questões. É necessário combater o mal com rigor? sim! mas não em grupelhos histéricos; é necessário controlar fortemente a imigração pra identificação de infiltrações terroristas? sim! Mas também é necessário não colocar inocentes no pacote. Há imigrantes que já moram faz décadas na Bélgica vindo de vários países, e nem todos concordam com o extremismo.

Mesmo sabendo que é em nome de Alá que o ISIS está cometendo genocídio, mas nem todos do Islã são ISIS tanto que eles também executam muçulmanos... Assim com nem todos os cristãos são "Exército do Senhor" do guerrilheiro Kony na Uganda e nem esse suposto "Estado Cristão". Por isso, assim como muitos dizem que o Estado Islâmico não representa o Islã, então que se diga que esse fermento de Estado Cristão não representa o que Jesus ensinou e viveu.

Deus não precisa de Estado, nem resistência que o represente! Um Deus que necessite de proteção pode ser tudo, menos Deus. Também, além da possibilidade de ser desinformação por parte do lobby islâmico (o que não duvido, se espera de tudo), também há possibilidade de ser mera organizações criminosas que se aproveitam do manto religioso para dar aparências de luta social aos seus crimes. Não é assim com os "traficantes evangélicos" que fazem ungir suas armas, que oram o Pai Nosso antes de atirar na polícia e que estão expulsando os espíritas e candomblezeiros dos morros no Rio de Janeiro?

Fonte: RT
Fonte: GL
Fonte: CT


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

REBELDES SÍRIOS NÃO PAGANDO COM A MESMA MOEDA, PELO MENOS É O QUE PARECE!


É compreensível, depois tantas execuções com requintes de barbáries, ficar indignado com o crescimento do Estado Islâmico a ponto de desejarmos a morte deles. Desejamos um ataque mais maciço da coalizão internacional e por tabela um outro mais brutal como o da força russa.

Mas um grupo rebelde sírio deu um salto em todos os paradigmas e fugiu da lei de causa e efeito nas concepções generalizadas. Eles poupam os membros presos que pertenciam ao Estado Islâmico e faz um clérigo explicar minuciosamente que é quem em toda essa guerra.


De fato essa atitude é inusitado aos nossos olhos. Entendemos, mais ainda os cristãos, o quão é necessário haver misericórdia e compaixão - não foi Jesus mesmo que ensinou o perdão ilimitado?
Mas também sabemos que não se combate o terrorismo e genocídio com flores, haja vista, a espada ser justiça de Deus para os malfeitores. Há milhares de extremistas do ISIS espalhado no mundo, não dá para catequizar todos e fazerem mudarem de mentalidade.

Muitas vezes situações extremas pedem medidas extremas, senão muitos inocentes morrem. Mas também que haja moderação em casos e casos. Dá pra tratar a pão de ló pessoas que tem por "vocação" decapitar infiéis?

A ação parece ser louvável devido a clemência, mas uma certa; se o ISIS chegarem eles não terão o mesmo tratamento e mais pessoas inocentes irão morrer!

Também tem que se avaliar que nem tudo que é filmado pode ser real, nem tudo divulgado nos jornais é situação concreta em si mesmo. Tudo isso pode ser faixada para fins políticos; para os rebeldes receberem mais subsídios ocidental, para escaparem do status de "desumanos" depois que colocaram os alauítas na gaiola para se protegerem dos ataques aéreos russos e assim vai. Muitas coisas que chegam até nós nesses fenômenos históricos nunca vêm com agenda aberta.

Como disse Ésquilo: "Em uma guerra, a primeira vítima é a verdade".

Link do vídeo: YHN

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

TEOFOBIA NOS PÚLPITOS- AMOR E COMPAIXÃO SÓ NA TEORIA


Uma graça cheia de condições é o estopim de toda neurose culposa e carregada de perturbações. A coisa mais fácil (e útil) que se possa fazer num sistema de dominação é chantagear pelo medo sob a áurea do amor e bondade.

Em nome desse amor tão pregado é que se vê pessoas com medo do Amor em Pessoa; justamente porque esse amor á avaliado segundo os traumas de cada um. 

O que se adoram por Deus entre muitos, na verdade é adoração de si mesmo para suas vontades, e quando muito, um espectro mítico que um dia há de julgar a terra e colocar seus erros num telão para o céu, a terra e o inferno rirem.

Em muitas igrejas, as pressões psicológicas chamadas de sermão exercem tanto impacto que a motivação pra orar são as forças do mal e não o amor.
Se é pregado um Deus obsessivo, nada mais óbvio que gerar pessoas com delírio persecutório cuja fé é regulamentada pelo medo; são os filhos da teofobia.
Para muitos pregadores Jesus está moldado aos seus temperamentos e até seus traumas pessoais; onde Deus é um ansiolítico, seu culto a bajulação e seu galardão o reconhecimento deste mundo.

Assim como há uma certa tendência nos seres humanos ao fanatismo, também há um grande fraco em nós por querer se autojustificar. A negação da graça divina é a voz mais sutil da serpente no inconsciente dos homens, haja vista, todas as religiões terem a premissa da meritocracia pagã em agradar em agradar seu deus.

Será que é necessário tocar o terror para ser ouvido? Quando mais em se tratando de um assunto tão singelo que é o amor revelado para a humanidade? Os maiores responsáveis pelo medo a aversão a Deus é justamente àqueles que têm a pretensão de portar a mensagem e a canalhice em chamar de amor!

Não existiria o supersticioso pavor pelo demônio senão pela boca dos que o promovem neuroticamente. Para esses, a força propulsora para buscar a Deus não é nem o amor e gratidão, mas sim o leãozinho que anda ao derredor (isso porque o maligno não lhe toca, imagine se tocasse!)

As verdadeiras mensagens do evangelho trazem liberdade! Onde está o Espírito há liberdade! A verdadeira liberdade não induz ao erro, antes traz pacificação pra alma em meio aos nossos erros!

A liberdade em Cristo promove na consciência arrependimento e não neurose culposa, abaliza a psiquê e não traz complexidades e medos escatológicos.

A libertação está no absurdo do Deus encarnado, no castigo (não em mim) que me trouxe a paz, no grito de "Tetelestai" pelo Inocente!

A verdadeira relação com Deus desdemoniza a vida, humaniza o que foi satanizado pela religião e faz apostatar da sistematização do amor na teofobia - tão vigente em nosso meio.

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

domingo, 22 de novembro de 2015

TIRANDO O QUIPÁ PRA VIVER EM PAZ NA EUROPA


Já estou bem convencido que o ser humano não aprende com a história, com as catástrofes e com os genocídios. O modus operandi das relações e dos poderes sempre serão os interesses, a força e o domínio; a força motriz sempre será o desejo de sobrevivência de um sobre a morte do outro.

Por mais que se falem em direitos, igualdade, liberdade, democracia sempre haverão seus oponentes. Quanto mais se vomita esses conceitos no mundo, mais eles vão sendo cerceados! A lei natural dessa raça decadente é: Se possibilidade de alguma coisa acontecer ou ser realizada, ela será realizada.

Há décadas atrás os judeus na Europa eram perseguidos e mortos sob o manto do nazismo, hoje, por meio sutil e ardiloso sob a força dominadora do islã político que sem espadas cumpre seus desígnios.

As épocas passam, mas o espírito dos fenômenos ficam: A dificuldade de convivência entre os homens, a pequenez em lidar com as diferenças e as mentiras ideológicas reinando sob as massas incautas e manipuladas.

O antissemitismo se expressa vorazmente em Paris e em vários outros lugares da Europa, isso está fazendo com que aconteça um histórico retorno de inúmeros judeus jamais visto desde a época do imperador persa Ciro... Até porque o mundo está antissemita!

O que se espera do futuro? O triunfo da tolerância? A tão desejada paz mundial? 

O esquema político e social do politicamente correto irá triunfar! Nela o mal absoluto vem sob a capa do bem relativo; um bem que para ser concretizado tem que se fazer muito males.

Não é a toa que grupos como Hezbollah e Farc consegue algum tipo de negociação se tornando "maus menores" enquanto emerge novas bestas como Estado Islâmico e Irã - sob os olhos e câmeras de um mundo complacente, ao mesmo tempo perplexo e anestesiado.  



EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

terça-feira, 17 de novembro de 2015

"OSAMA BIN LADEN ERA ANALÓGICO, O ESTADO ISLÂMICO É DIGITAL" - (ARNALDO JABOR)


Nero, Calígula, Diocleciano, Império Otomano, Comunismo, Estado Islâmico... o espírito é o mesmo!

Estamos não só acompanhando nessa geração as mesmas barbáries da antiguidade e decorrer da história, mas temos a capacidade de registrar os ocorridos em vídeos. Os martírios que antes eram registrados no papiro, agora são gravados me alta qualidade das câmeras, e com fundo musical!

Ainda que os meios de comunicação pouco falam dos requintes de crueldade nas execuções, eles ainda continuam acontecendo. Civis são fuzilados, cristãos decapitados, gays jogados do prédio, mulheres escravizadas e estupradas etc.

E não para por aí! Eles mostram mais terror até pra quem assiste com as inspirações que tem pra executar prisioneiros. Assim como as imagens mostram no início do texto, eles colocam bombas e explodem pessoas, executam com bazuca e nos últimos dias eles fizeram um tanque de guerra atropelar um prisioneiro. Segundo os jihadistas ele era do exército do governo sírio fazia a mesma coisa com os prisioneiros do EI.


As cenas são fortes e é impossível encontrar no facebook, youtube e outros. Eu sei que pode parecer mórbido o desejo de querer espalhar o vídeo. Mas há aqueles que seriamente preferem  ver nas imagens as realidades dessas atrocidades.

Quem quiser os vídeos dos prisioneiros sendo explodidos ou do atropelado pelo tanque entre em contato com o número abaixo pelo whatsapp que será enviado.


Meu whatsapp: 55 11 973986824

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS EM GRANDE ESCALA NA INDONÉSIA


Na Indonésia - maior país islâmico do mundo - mesmo tendo por regime uma ditadura havia certa tranquilidade interreligioso entre cristãos e muçulmanos. Mas, parece que o extremismo e o sentimento odioso virou um surto global - até nos "moderados".

Tem crescido enormemente ataques e demolições em igrejas cristãs, os pretextos são que muitas delas não estão regularizadas pelas autoridades; inclusive, as próprias autoridades estão auxiliando nesta tensão social anticristã.

Em outubro todos os muçulmanos do distrito de Aceh marcharam exigindo que todas as igrejas irregulares sejam fechadas; três dias depois os líderes islâmicos concordaram em demolir as igrejas não registradas, eram aproximadamente 10.

No dia seguinte, cerca de 700 muçulmanos armados com facões e machados foram demolir uma igreja que não estava na lista dos que iam ser demolidos, depois foram para outra igreja onde encontraram resistência e um cristão foi morto por um tiro na cabeça.

Cerca de 8.000 cristãos foram deslocados e se refugiaram em províncias vizinhas. Os líderes islâmicos, evidentemente raivosos e desejosos de perseguir cristãos, emitiram mensagens de texto: "Nós não vamos parar de caçar cristãos e queimar suas igrejas. Os cristãos são inimigos de Allah!"

Enquanto os cristãos desabrigados estão desesperadamente esperando assistência solidária como alimentos, roupas e medicamentos vários muçulmanos estão fazendo questão de vigiar os limites da províncias para matá-los.

Já se foi o tempo em que havia certa paz para os cristãos da Indonésia, já se foi que o país asiático tinha a fama de terem o "islã moderado" e tolerante. Muito se sabe que o Estado Islâmico também seus ideólogos neste país.


Fonte: CJ

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

ESTADO ISLÂMICO "LA CUCARACHA''


Sabe aquelas férias tão aguardada no pacífico conjunto de ilhas caribenhas? É maravilhoso e terapêutico... isso até se deparar com as mesmas ameaças que se encontram na Síria e no Iraque!

O lugar privilegiado para o descanso agora também está virando não só um reduto de terroristas, mas também um núcleo de recrutamento e convocações a ponto de ter escola infantil gerenciadas pelo Estado Islâmico.

                                         (Abu Khalid, comvertido do cristianismo ao islamismo)

Assim como todo grupo revolucionário, o Estado Islâmico versão "La Cucaracha" também tem suas argumentações para tocar o terror nas ilhas caribenhas: Diz um militante que sua forma islâmica de viver era censurado em Trindade e Tobago e que seus filhos não poderiam praticar 100% do islã na forma como cria.

Segundo eles, muitos outros muçulmanos não teem plena liberdade para praticar seus atos religiosos (e com certeza eles atribuem isso ao grande Satã, os EUA).

Como sempre, eles convocam os muçulmanos locais a se engajarem na "causa de Allah" para combater os infiéis. Normalmente os jovens são os mais visados devido a facilidade de serem convencido por "idealizações".

Fonte: PAMELA GELLER

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

sábado, 7 de novembro de 2015

ESCRAVA SEXUAL DO ESTADO ISLÂMICO É OBRIGADA A RECITAR O ALCORÃO DURANTE ESTUPROS


A jovem não está morta, está viva, pois foi comprada por um homem que denunciou os abusos.

A garota tem 17 anos e havia sido sequestrada quando o Estado Islâmico Shingal. Ela era ameaçada a pena de chibatadas e água fervente nas coxas caso não realizasse os desejos de seu "dono".

O homem que comprou a garota (uma forma de libertação) levou outras três, entre elas, uma garotinha de 10 anos.


Fonte: YAHOO

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

TALIBÃ APEDREJA MULHER NO AFEGANISTÃO


As feministas em São Paulo picharam a frente da Catedral da Sé com símbolos do movimento e palavras de ordem contra a instituição religiosa. Em Ghor, Afeganistão uma mulher é apedrejada pelo grupo Talibã por motivo de adultério - compare o Brasil e o Afeganistão...

O país está em frangalhos e em constante ameaças de mais invasões das células terroristas a ponto de ainda haver a aplicação dessa horrenda lei da Sharia: o apedrejamento. 

Pelo que se vê, era mais que necessário a presença a continuidade da presença dos militares norteamericanos nesse país; tiram eles e voltam os terroristas! E quem sofre? Cidadãos de bem, minorias étnicas e religiosas além das mulheres.

Não seria as instalações do Talibã que mereciam ser "pichado" por essas ativistas? Será que o movimento fez alguma nota de repúdio ou algum protesto por esse caso específico?

A execução foi gravada, o vídeo está no link abaixo.

Fonte: GLOBO

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

HINDUS SÃO ATACADOS POR MUÇULMANOS RADICAIS E MULHER GRÁVIDA PERDE O BEBÊ


Bangladesh é um país onde o radicalismo islâmico é extremamente atuante para com qualquer opositor ou divergente da Sharia, lei do Alcorão. Vários são casos de ataques a comunidades hindus, cristãos e até blogueiros que criticam a união entre Estado e Religião.

Contando com um governo relativamente frágil diante de muitas convulsões sociais promovido por grupos muçulmanos em delírio, e também por serem maioria no país (87% de muçulmanos) os jovens fanáticos se aproveitam para atacar minorias hindus até em meios aos seus rituais.

Foi o que aconteceu no Distrito de Feni na festa religiosa de Lakshmi Puja Visarjan, onde muçulmanos começaram a injuriar e blasfemar contra os hindus proibindo-os de cantar seus hinos e praticarem suas liturgias.

Às 20:00hs cerca de 25 muçulmanos armados atacaram a aldeia Jelepara saquearam casas e atacaram seu moradores incluindo mulheres e crianças sem discriminação. 50 famílias deixaram a aldeia por um barco e 20 hindus ficaram gravemente feridos.

A mulher grávida (foto) perdeu seu filho devido as brutais agressões que sofreram. Mesmo com a perda do filho seu estado é crítico por estar em constante sangramento e da péssima condição emocional em que se encontra a hindu.

O delegado local acha uma coisa "natural" esses acontecimentos, mesmo com a pressão dos grupos pedindo justiça contra os muçulmanos desse crime - nenhum ainda foi preso.

E dessa forma que os hindus estão sendo massacrados, oprimidos e em grande perplexidade ante o crescimento da intolerância islâmica; as vezes com a complacência do Estado. 


Fonte: SHARIA REVELADA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

domingo, 18 de outubro de 2015

PAQUISTÃO: CRISTÃOS SÃO ACUSADOS DE BLASFÊMIA E FORÇADOS A SEGUIR O ISLÃ


Desde 2013, o APUC (All Pakistan Ulema Council – Conselho Geral de Ulemá no Paquistão), vem intervindo em 23 incidentes que envolveram cristãos acusados ​​de blasfêmia. De acordo com Tahir Mahmood Hafiz Ashrafi, o presidente da APUC, um grupo representativo de líderes muçulmanos, tem sido muito influente na vida pública paquistanesa.

Cristãos sofrem desproporcionalmente com o abuso da aplicação das leis de blasfêmia, mesmo quando as acusações não são registradas publicamente. Há dois anos, após a violência em Joseph Colony, uma comunidade cristã de Lahore, quando cerca de 112 casas foram saqueadas e incendiadas por aproximadamente dois mil manifestantes, representantes muçulmanos asseguraram que não haveria mais o uso indevido das leis citadas.

Relatórios da Portas Abertas explicam: "Houve organização de cursos para os líderes do islã, com a exposição das leis e as formas como deveriam ser aplicadas. Mas as notícias continuam mostrando que cristãos são chicoteados injustamente, suas casas invadidas e suas famílias aterrorizadas. Há relatos de ataques em que os rebeldes aparecem com pedaços de pau e todo o tipo de arma improvisada".

Masih, um dos cristãos disse a um analista: "Não estamos pedindo argumentos religiosos, nós só queremos que parem de nos perturbar e que deixem nossos filhos em paz. Enquanto nós defendemos nossa fé, eles nos acusam de blasfêmia. Alguns deles negam para nós até a água da mesquita, dizendo que só podemos beber se voltarmos para o islã. Essa é a diferença entre o islamismo e o cristianismo: na Bíblia nós aprendemos que não devemos aceitar nem por força e nem por violência, mas pelo Espírito do Senhor dos Exércitos. E eles querem nos obrigar a seguir o islamismo, usando justamente a força e a violência, e Jesus nos permitiu escolher por amor. Nós jamais negaremos a Cristo por causa deles", conclui Masih.


Extraído do blog "VIVENDO PELA FÉ" , da blogueira Ernestina Reis.

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

DOIS ESTUDANTES JUDEUS SÃO ATACADOS EM NOVA YORK


De forma gradativa, e com a complacência de muitos, o antijudaísmo se prolifera até mesmo onde vivem milhões dele como nos EUA.

Em Manhattan, dois estudantes judeus foram atacados enquanto visitavam a cidade. Yisrael e Yousef, 19 anos, são da seita Chabad.

Eles estavam no metrô do Brooklyn para ir em uma cerimônia do Mitzvah quando jogaram uma bomba incendiária neles. Aparentemente é o primeiro caso oficial de ataques a judeus em NY, mas há relatos antissemitas como em Kew Gardens por exemplo; onde judeus ortodoxos foram atacados com armas de chumbinho.


Fonte: PG

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

MUÇULMANOS EXTREMISTAS ATACAM PASTOR EM BANGLADESH


Bangladesh é conhecido especialmente por ataques de muçulmanos a blogueiros críticos da interferência religiosa na política. Em apenas um ano mais de 60 blogueiros foram assassinados, todos eles criticavam a Sharia e desejam um Estado mais democrático e essencialmente leigo.

Este país é composto de 90% de muçulmanos, 9,5% de hindus e o restante dividido entre cristãos, bahais, animistas e etc. A enorme quantidade de muçulmanos que tem são sunitas, de modo que até alguns xiitas acaba por sofrer intolerância.

Na semana passada dois muçulmanos sutilmente vieram até o pastor Luke Sarker, 52 anos, e fingiram estar interessados na conversão a fé cristã. No dia seguinte foram a casa do pastor e conversaram muitos sobre Jesus; depois de três dias de visitação eles atacaram o pastor tentando decapitar. No momento seus filhos e o vizinho afastaram os agressores que fugiram.

O pastor não morreu, foi hospitalado e tratou dos ferimentos que não foram muito graves. Segundo a polícia uma pessoa foi presa e será levado ao tribunal. Segundo o secretário geral da Associação Cristã de Bangladesh "os cristãos estão em uma posição vulnerável no país". E não de muçulmanos extremistas, mas de hindus também. 


Fonte: MORNING STAR NEWS

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

1. TERCEIRO BLOGUEIRO É ASSASSINADO EM BANGLADESH
2. CRISTÃOS SOB PRESSÃO EM BANGLADESH
3. EXTREMISTA ISLÂMICO DE BANGLADESH NA INGLATERRA
4. MISSÃO
5.  MUÇULMANAS SÃO OPRIMIDAS PELA SHARIA DENTRO DA INGLATERRA

domingo, 11 de outubro de 2015

A GRAÇA MAIS CARA QUE JÁ PAGUEI


Já passei pelo mundo das histerias e das mentes nervosas em nome do amor ao próximo
Pratiquei os rituais na religião das aparências e das barganhas
Por tempos, vendi minha consciência pra obedecer doutrinas meramente humanas
Já me fixei tanto no céu que me esqueci ser, por enquanto, cidadão da terra

Me fixei tanto nos anjos que me alienei em minha humanidade
Refleti tanto sobre o inferno que fiz da minha vida uma
Já brinquei muito na chatolândia de uma fé literalista e arrogante
Já dilui minha personalidade em nome de um deus carrancudo e implacável, moldado à imagem e semelhança dos homens - ou de mim mesmo

Já compactuei com os amigos de Jó em cuja elucubrações sobre 'justiça' só me vinha condenações e cuja adorações significava "capacidade intelectual" para entender Deus
Em uma sociedade viciada em institucionalizar até os desejos íntimos a liberdade de expressão é crime hediondo
Em um mundo de polarizações e extremismos qualquer moderação é uma ameaça para ambos os lados

Muito se acham peças de quebra-cabeça na história de Deus, mas na verdade fazem do seu Deus de gato e sapato; como se Ele estivesse inserido no processo evolutivo dos fenômenos humanos.
Redimensionaram o Eterno ao seus gostos e necessidades colocando numa lâmpada mágica; com a diferença que ele concede mais de três desejos.

O valor que se entende é a dos bens materiais como benção, do amor como sensualidade, da alegria como euforia e da comunhão como catarse. Já não se acha simplicidade nas coisas mais simples da fé.
A cristalina graça foi turvada pelos interesses dos homens em não receber a Deus como Ele É: O EU SOU O QUE SOU! Ele apenas É! 

Para desturvar isso que se entende por graça, para corroborar isso que se chama de fé, e para se relacionar a esse que chamamos de Deus é preciso se desvencilhar das bandeiras a que o enquadramos. 
Ter relação não com o "deus-ideologia, deus-temperamento, deus sócio-econômico, deus-geográfico, deus estética, deus-Estado; mas, com Aquele que era, que é e que há vir. 

E pra ser aceito por esse chamado de 'Aquele' não precisa contemplá-lo como o Deus clássico, o Deus pra intelectuais, o Deus sofisticado, o Deus popular ou mesmo o Deus dos mestres e profetas. Não! basta confiar meramente em sua graça; apesar de às vezes insistir na pretensão e ilusória prepotência de querer pagar por aquilo impagável.


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

sábado, 10 de outubro de 2015

ESTADO ISLÂMICO EXECUTA TRÊS CRISTÃOS NA SÍRIA


A execução dos três cristãos aconteceu no dia 23 de setembro, mas o EI demorou duas semanas para divulgar o ato jihadista. Esses três cristãos (foto) faziam parte dos 253 assírios que foram sequestrados em 23 de fevereiro em Hasaka.

A execução foi gravado (quem quiser assistir clique no link da fonte abaixo do texto) com declarações que se o resgate dos cristãos não forem pagos todos seriam executados. O grupo exige 50.000 dólares pra cada refém.

No vídeo os três fizeram declarações antes de serem mortos, depois outros três se ajoelharam na frente dos mortos e deram ultimato a mandado sob as ordens do EI. As declarações foram essas:

Primeiro grupo:


  • Eu sou cristão assírio Ashur Abraham da aldeia de Tel Tamar, Jazira
  • Sou o cristãos assírio Basam Essa Michael, nasci em 1976 na aldeia de Tel Shamiran, Tel Tamar
  • Sou o cristão Abdulmasih Enwiya, nasci em 1997 no Distrito de Tel Jazira.
Segundo grupo:


  • Sou o cristão Zaya George Elia, nasci em 1988, na vila de Shamiran
  • Eu sou o cristão William Youhana Melham de Tel Tamar, nasci em 1964.
  • Eu sou o cristão assírio Marden Tamraz, nasci em 1966 em Tel Jazira.

Após as identificações, um dos cristãos disseram: "Há dezenas de nós aqui. Nosso destino é o mesmo que estes [apontando para os três mortos na frente deles] se vocês não tomarem o procedimento adequado para o nosso resgate, teremos esse destino inevitável".


Talvez esse apelo do EI seja sinal de algum desmantelamento por causa da ofensiva da Rússia e eles estão precisando de dinheiro. Todavia, fica a indignação em ver pessoas inocentes morrendo de modo bárbaro, sanguinário e cruel nos moldes da antiguidade enquanto a Síria é disputa geopoliticamente entre os EUA e a Rússia.

Fonte: AINA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

domingo, 4 de outubro de 2015

A SHARIA E A PERSEGUIÇÃO ANTICRISTÃ NOS ABRIGOS DE REFUGIADOS


A Alemanha é o país que mais está se disponibilizando a abrir as portas para os refugiados, não é de esperar que junto a essa abertura desse país orgulhosamente multicultural também surja inúmeros problemas de conflitos étnicos e religiosos.

Considerando que a Europa está se islamizando a passos largos, os políticos alemães querem enfiar goela abaixo que "não se deve mexer nos valores multiculturais da Alemanha" e cresce casos de extremismo e perseguição anticristã - dentro do continente ex-cristão que os acolheram!

Está havendo muitos casos de cristãos refugiados sofrendo na mãos dos refugiados da religião islâmica, veja os relatos:


  • "Cristãos, curdos e Yazidis nos abrigos estão sendo atacados por muçulmanos, com aumento da frequência e ferocidade."


  • "Eu fugi do serviço secreto iraniano, porque eu pensei que, na Alemanha eu poderia finalmente viver a minha fé sem perseguição. Mas no abrigo de refugiados, não posso admitir que eu sou um cristão, ou eu teria de enfrentar ameaças ... Eles me tratam como um animal. Eles ameaçam matar-me. " - Um cristão iraniano em um abrigo de refugiados alemão.


  • "Nós temos que dispensar a ilusão de que todos aqueles que estão vindo para cá são ativistas de direitos humanos. ... Estamos recebendo relatos de ameaças de agressão, incluindo as ameaças de decapitação, por sunitas contra xiitas, mas yazidis e os cristãos são os mais impactados. Esses cristãos convertidos que não escondem sua fé está uma probabilidade de 100% de ser atacado e cercado. " - Max Klingberg, diretor da Sociedade Internacional para os Direitos Humanos com sede em Frankfurt.


  • "Estamos observando que os salafistas estão aparecendo nos abrigos disfarçados de voluntários e ajudantes, que procuram deliberadamente contato com refugiados para convidá-los para suas mesquitas para recrutá-los para a sua causa." - Hans-Georg Maaßen, chefe da inteligência alemã.


  • A polícia está chamando urgentemente para os imigrantes de diferentes crenças para ser alojados em instalações separadas. Alguns políticos respondem que essa segregação iria contra valores multiculturais da Alemanha.


  • "No Irã, a Guarda Revolucionária prenderam meu irmão em uma igreja doméstica. Eu fugiu do serviço secreto iraniano, porque eu pensei que, na Alemanha eu poderia finalmente viver a minha fé sem perseguição. Mas no abrigo de refugiados, não posso admitir que eu sou um Christian, ou eu teria de enfrentar ameaças.


  • "Os muçulmanos me acorde antes do raiar do dia durante o Ramadã e dizer que eu deveria comer antes do sol nascer. Quando eu recusar, eles me chamam de kuffar, um descrente. Eles cuspiram em mim. Eles me tratam como um animal. Eles ameaçam matar-me . "


  • "Nós temos que dispensar a ilusão de que todos aqueles que estão vindo para cá são ativistas de direitos humanos. Entre os que estão chegando aqui agora, um número substancial são pelo menos tão religiosamente intensa como a Irmandade Muçulmana.


  • "Estamos recebendo relatos de ameaças de agressão, incluindo ameaças de decapitação, por sunitas contra xiitas, mas Yazidis e cristãos são os mais afetados. Esses cristãos convertidos que não escondem sua fé está uma probabilidade de 100% de ser atacado e cercado."


  • "Temos vindo a assistir a esta violência durante semanas e meses. Grupos com base na etnia, religião ou clã estruturas ir atrás de si com facas e armas caseiras. Quando esses grupos lutam entre si durante a noite, todos os cidadãos alemães que congratulou-se com os migrantes com abertas braços na estação de trem de Munique está dormindo, mas a polícia permanecer acordado e estão de pé esquerdo no meio ...


  • "Nós só podemos estimar a verdadeira extensão da violência, porque as mulheres e as crianças muitas vezes têm medo de fazer uma reclamação. Uma vez que também é sobre abuso sexual e estupro ...


  • "Os sunitas estão lutando xiitas, há salafistas de grupos concorrentes. Eles estão tentando impor as suas regras nos abrigos. Cristãos estão sendo maciçamente oprimidos e os Sharia está sendo aplicada. As mulheres são obrigadas a cobrir-se. Os homens são forçados a orar. Islamitas quer introduzir seus valores e ordem nos abrigos."

Percebe-se que a Sharia já tomada como lei até mesmo nos abrigos de refugiados, até mesmo entre grupos diferentes de muçulmanos: sírios, afegãos, paquistaneses, iraquianos está havendo conflitos e há a necessidade de que haja verdadeira segregação - blasfêmia para os multiculturalistas.

O "continente da tolerância" recebem os intolerantes; nem ao menos há o questionamento do porquê de países árabes (seus irmãos de fé) não abrir as portas para refugiados.



Fonte: GI

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

domingo, 27 de setembro de 2015

TRÊS IGREJAS FORAM INCENDIADOS NA TANZÂNIA

                                                  (IGREJA NA TANZÂNIA: IMAGEM REPRESENTATIVA)

O radicalismo islâmico e toda essas maluquices em nome de Deus chegam a áreas remotas em que nem se imagina que há esses conflitos; áreas em que até resistem religiões antiquíssimas e tribais como o animismo (esses também entram em conflito com os cristãos).

Mas com os muçulmanos estão ficando cada vez mais tenso. Três igrejas cristãs foram incendiados no intervalo de duas horas no dia 22 de setembro, além dos pastores estarem sendo ameaçados - os radicais querem a diminuição de igrejas cristãs no local.

Essas três igrejas contam com aproximadamente 300 membros cada um, todas perderam bens como instrumentos, cadeiras e outros materiais importantes para os fiéis. A situação está preocupante pois tem aumentado o nível de intolerância aos cristãos - antes não era assim na Tanzânia cuja população conta com 31% de muçulmanos e 54% de cristãos. 


Fonte: MORNING STAR NEWS

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

OS PEREGRINOS NO MUNDO E OS ALIENADOS NO ESPAÇO


Absolutizar o relativo, endeusar a criação, desqualificar o ser humano. Os apocalipses de cada região do mundo vão acontecendo, e ainda assim cada republiqueta, cada "paisinho" insiste em ser uma galáxia paralela. Isso até em que toque em seus bolsos, mexam com suas famílias e proíbem suas crenças ferindo suas liberdades.

A inversão de valores é capaz de fazer partir o coração por um peixe pescado pra servir de alimento e não sentir nada por centenas de cristãs escravizadas por muçulmanos no Iraque.


De repente seja isso (inversão de valores) a pior das armas que ajuda na redução populacional, eliminação étnica e religiosa que selecionará os escolhidos e privilegiados a viver nessa nova era. Onde a dominação gnóstica será dominante a ponto da valoração humana não exceder a dos vermes... pois até esses terão os seus "direitos''.



EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS


sábado, 26 de setembro de 2015

HINDU EXTREMISTA: DUAS IGREJAS BOMBARDEADAS NO NEPAL


Duas bombas explodiram em igrejas no leste do Nepal, na semana passada, enquanto algumas bombas foram deixados em uma terceira igreja que não detonou. Os agressores deixaram panfletos anti-cristãs em cada local.

Bombas plantadas na Igreja Jyoti em Damak-10 e Emmanuel Igreja em Khajurgachi detonou cerca de 11 horas do dia 15 de setembro, enquanto a bomba plantada em uma igreja em Gauradha não explodiu. Ninguém nas igrejas foram feridos, mas um policial foi gravemente ferido quando a bomba não accionados (trazido para a delegacia) explodiu. Ambas as igrejas sofreram danos significativos.

Folhetos pelo Hindu Morcha Nepal, um grupo radical hindu foram deixados em cada local. Os folhetos disse que todos os líderes cristãos devem reconverter ao hinduísmo e que a cristianização do Nepal está a acontecer com o apoio de nações estrangeiras. Os folhetos advertiam o governo a tomar medidas, ou o grupo iria começar sua própria campanha. "Igrejas, organizações e instituições cristãs são nossos alvos", escreveu um contato VOM.

Em outras partes do país de maioria hindu, fotos de jovens ativistas hindus queimando bíblias foram divulgados. Outro contato disse que as queimaram a bíblia como advertências aos pastores e líderes cristãos. "Eles disseram, 'Qualquer coisa pode acontecer a um cristão'", disse o contato.

Os bombardeios vieram depois de uma assembléia constituinte elaboração de uma nova Constituição que rejeitou uma proposta para reverter Nepal a um estado Hindu. Nepal tem sido uma nação secular desde 15 de janeiro de 2007. Mais de 30 pessoas foram mortas em protestos sobre a Constituição desde o mês passado.

Após o encontro com os pastores das igrejas bombardeadas, o contato VOM escreveu: "Por favor, orem pela paz e pela segurança das pessoas."


Fonte: VM

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

domingo, 20 de setembro de 2015

MUÇULMANAS SÃO OPRIMIDAS PELA SHARIA NA GRÃ-BRETANHA


"Eu me sinto traída pela Grã-Bretanha. Eu vim pra cá para fugir disso e vejo que a situação está pior do que a do país que eu fugi". - Mulher muçulmana em entrevista.

As comunidades muçulmanas, apesar de viverem em países laicos, seguem prioritariamente suas leis, seus preceitos baseados no Alcorão. Se a lei do país diverge do livro sagrado aparece o atrito (ou a submissão do país em questão).

É o caso do Reino Unido, cuja constituição local promove a igualdade de cidadão independentemente de classe, sexo, etnia e religião. Porém, no caso dos muçulmanos é diferente; eles fazem seus próprios julgamentos e resolvem suas questões fora das atenções do poder público. Tudo isso através da Sharia.

Há relatos de abusos, opressões e desqualificação da mulher pelos islâmicos nesse país - denuncia a baronesa Caroline Cox - defensora dos Direitos das Mulheres no Reino Unido.

A baronesa introduziu um projeto de lei que visa combater a discriminação feminina, dar mais atenção às causas apresentados por mulher (o que não acontece na Sharia), igualar os mesmos direitos que os homens e conscientização das mulheres sobre seus direitos na lei britânica.

O indivíduo da foto é Haitham al-Haddad, juíz do tribunal da Sharia na Grã-Bretanha. Ele declarou que o homem não deve ser questionado pela motivação de espancar a mulher; disse que "devem deixar o casal em paz, pois saberão resolver suas diferenças".

Além de serem humanas de segunda classe, sofrem violências físicas e não tem nenhuma representatividade em sua própria comunidade. Esta valoração feminina não convém a uma religião que tem por slogan (pelos ocidentais) "religião da paz".



EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

CRISTÃOS SÃO ESPANCADOS POR RECUSAREM A ADORAR DEUSES HINDUS


O pastor Akash Nandi relatou que os hindus ordenaram que o culto fosse interrompido, mas os fiéis se negaram: “Depois disso, dois homens entraram e pediram ao pastor e aos outros para irem para fora do local, mas os cristãos se recusaram a ir”, contou Nandi.

Enquanto uma parte dos extremistas agredia os fiéis, outros vandalizavam a moto do pastor Sarvajit Bharti. Outro pastor, Mitilesh Kumar, foi arrastado para fora do local onde estavam reunidos e ouviu dos radicais que eles deveriam adorar os ídolos hindus.

“Mitilesh respondeu que eles não estavam fazendo nada de errado por adorar a Cristo, e eles não iriam parar”, disse Nandi, acrescentando que vários fiéis foram “impiedosamente espancados” pelos extremistas, incluindo uma idosa de 60 anos, que teve as mãos fraturadas
“Desde abril deste ano, temos sido pressionados a escolher entre Cristo e as nossas vidas, e somos constantemente ameaçados de sermos expulsos da aldeia se não renunciarmos a Cristo”, afirmou o pastor, chamando a atenção para o fato de que a perseguição inclui ainda a restrição do acesso dos cristãos da região aos poços de água.

“A situação é tensa, já que os extremistas estão perseguindo fortemente os cristãos e os ameaçam a serem queimados se eles não deixarem Cristo. É difícil para as crianças estar sem água adequada para beber, já que os cristãos são impedidos de tirar água do poço”, lamentou.


Extraído do blog AMO VOCÊ EM CRISTO

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

IMIGRANTES MUÇULMANOS LANÇAM CRISTÃOS AO MAR DURANTE TRAVESSIA


Não se pode confundir, quando se fala em perseguição religiosa, que se trata apenas de cristãos sendo perseguidos por muçulmanos. Até mesmo muçulmanos de outras correntes dentro da religião sofrem como cristãos em muitos casos - não só cristãos, mas yazidis, sikhs e algumas correntes de budistas - mas os cristãos são em enorme escala de perseguição a níveis drásticos de intolerância.

Até mesmo entre aqueles que lutam para sobreviver, ou para fugir do caos que assola partes do Oriente Médio, existe a seleção de quem deve ou não deve sobreviver quando a situação exige.

É como o Titanic afundando. Todos no desespero da vida andavam em cima de ouros e jóias sem se importarem com o valor delas, pisoteando idosos e crianças, esquecendo amigos etc. também é assim na corrida da vida nessa incerta imigração em massa.

Então é assim; quando o barco fica muito pesado se inicia a seleção daquilo que tem menos valor pra ser lançado ao mar: Os menos fortes, objetos de valor, criminosos e cristãos... a lista aqui está na ordem invertida.


Fonte: ESTADÃO

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

PERPLEXIDADE EM NÍVEIS ELEVADOS


A Criação aguarda com ardente expectativa a manifestação dois filhos de Deus” (Rom 8:19) ... que bela manifestação estamos vendo!
A natureza é expectadora da grande habilidade do ser humano em se rebaixar na irracionalidade dos animais (irracionalidade???)
De um lado do Mediterrâneo, seres a quem chamamos humanos montam seu “mundo ideal” a custo de muitas degolações; do outro lado, um continente quase pós-cristão se debatendo para lhe dar com as realidades que pululam fora do campo das teorias sociais.
Estão criticando algumas partes da imprensa que divulgaram o vídeo como “forte demais”. Eu digo que forte demais é a frieza na valoração da vida humana (também entre os camarotes das redes sociais) e pela mesquinharia de todos os lados - porque todos dessa história têm a pretensão de “salvar” o mundo. 
Ainda que essa frase não soa como verdade de evangelho, pelo menos soa o que se aproxima da realidade que: “Quanto mais eu conheço os homens, mais admiro os animais! ”
Já não há Psicologia, ideologia, religiosidade e politicagem que explica, ou muito menos que sana a nossa perplexidade de um mundo que enche a medida de seus pecados deixando-a madura para o Julgamento.
Dizia Santo Agostinho - “Uma virtude simulada é uma impiedade duplicada: a malícia une-se a falsidade. ” Só assim para entender tanta indiferença da maioria boa diante da minoria sanguinária! Quem diante de tanto valor invertido poder fazer a simples terapia moral de se colocar no lugar de alguém? 
Eu particularmente não me colocaria no lugar nem dos sírios nem dos europeus; não tomo partido nem do Sul muito menos ao Norte do Mediterrâneo. Mas se é para admirar os animais, que eu me coloque no lugar deles como nesta representação. Que fique no “entre terras”, cujo lugar é o palco/vitrine da administração humana da terra que Deus nos deu.


Extraído do facebook; de Ezequiel Domingues dos Santos

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS