terça-feira, 29 de julho de 2014

MUÇULMANOS MATAM QUATRO CRISTÃOS NA NIGÉRIA


O grupo islâmico radical Boko Haram (que significa "A Educação Ocidental é imoral") tinha por alvo a igreja católica de St. Charles na cidade de Kano, norte da Nigéria.

Os terroristas viram que essa igreja estava com barricadas, por isso foram atrás da igreja e mesmo ante a cerca jogaram uma bomba matando quatro cristãos e feriram outros oito que deixavam o culto.

O líder cristão em Kano disse: "Os ataques a essa igreja são contínuo pelos indivíduos da seita radical islâmica Boko Haram. É lamentável que estamos prestes a receber mais dessa porção por muçulmanos que querem criar um Estado Islâmico no norte da Nigéria."

Os terroristas islâmicos do Boko Haram têm ligações com as redes Al Qaeda, Magrebe Islâmico, Al Shaaba e possivelmente, o Hamas da Palestina. Os cristãos na nigerianos representam 51,3% da população, já os muçulmanos representam 45% e vivem principalmente no norte do país - onde mais atua os extremistas.

Fonte: MORNING STAR NEWS

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS


O PARÂMETRO DE UM GOVERNO EM 15 MINUTOS


Em quinze minutos é possível sintetizar a progressiva decadência de toda uma estrutura que o PT deixou esse país. O Deputado Federal Marco Feliciano com coragem e bravura fala abertamente sobre o partido que diz ser dos trabalhadores foi capaz de fazer com o Brasil - do seu desgoverno.

Oxalá tivesse mais políticos sem medos ou receios de enfrentar o Leviatã vermelho que controlar (quem sabe a base da força) toda a nação brasileira.


Assista no vídeo:

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS


segunda-feira, 28 de julho de 2014

MARCADOS PARA MORRER !


Essa é a letra "nun" significa Ana nazráni que quer dizer "Sou Cristão". Está sendo usado por muçulmanos radicais para estigmatizar os cristãos e marcá-los para morrer.

Na casa em que estiver essa marca é o convite a matar todos os que estão nela "legitimamente" em nome do Estado Islâmico.


Não se deve negar que todos os elementos de genocídio e dizimação está ocorrendo contra os cristãos do Oriente Médio. É absurdo o silêncio e timidez do Ocidente diante da tirania islâmica.

Fonte: O CATEQUISTA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS





CRISTÃS FINLANDESAS SÃO ASSASSINADAS NO AFEGANISTÃO


Desde 1997 duas trabalhadoras humanitárias trabalhavam em uma instituição de caridade de ajuda cristã no Afeganistão.

Seus nomes foram preservados. Elas levaram um tiro de dois homens que estavam em uma moto; eram muito queridas pelos afegãos locais, tanto que os próprios afegãos colocaram nas redes sociais que essas mortes foram "desperdícios de vida". Elas eram exemplos de serviços altruístas e deram suas vidas pelos afegãos... agora literalmente.

Fonte: WORLD WATCH MONITOR

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

BLOG PALAVRA DIÁRIA | SELO DE PERMIAÇÃO


O missionário Paulo Alves do blog Palavra Diária indicou o meu blog entre os 15 para receber o Selo Premiação dos Blogs. É um reconhecimento muito honroso mostrando que nossos esforços em se atualizar, melhorar e desenvolver nosso canto na internet não é em vão.


O criador dessa rede de premiações idealizou o sentido de blogs premiar blogs, semeando alegria, paz, esperança e amor. O Blog Palavra Diária, de gênero religioso cristão, que tem como conteúdo: Estudos, reflexões, devocionais, frases e etc. foi indicado pela Magda Moreira do Agenda dos Blogs.

Assim como muitos outros, esse blog se empenha e dedica a disseminar na net, a cristalina mensagem do evangelho em um bonito espaço para o conforto visual de quem navega a procura de uma palavra de edificação e conforto.

Blog Palavra Diária: http://palavradiariadevida.blogspot.com.br/

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS


domingo, 27 de julho de 2014

HEZBOLLAH - MOVIMENTO XIITA LIBANÊS

(GRUPO APOIADO POR IRÃ E SÍRIA SURGIU CONTRA OCUPAÇÃO DE ISRAEL NO LÍBANO E CRESCEU GRAÇAS À AÇÃO POLÍTICA E SOCIAL)

O Hezbollah, foi criado por um grupo de clérigos muçulmanos xiitas radicais, com ajuda da Guarda Revolucionária do Irã, no Vale do Bekaa, na fronteira com o outro patrocinador do movimento, o governo Sírio.

O Hezbollah, que em árabe significa ‘Partido de Deus’, é uma força islâmica xiita com estrutura similar à do Exército e, ao mesmo tempo, um grupo político com sede no Líbano. Ele nasceu em 1982, durante a Guerra Civil Libanesa, a princípio como uma milícia, ou seja, constituída por cidadãos libaneses portadores de armas e de um suposto poder policial.

Esta organização paramilitar se destaca cada vez mais na vida política do Líbano, ocupando-se de administrar os trabalhos sociais e instituições escolares e hospitalares xiitas, além de se responsabilizar também pelas atividades agrícolas do país. Ela é apoiada ativamente pelos iranianos, seja no campo doutrinário ou no financeiro.

Externamente ele é visto como um grupo terrorista, principalmente nos EUA, em Israel, no Canadá, nos Países Baixos e no Reino Unido. Enquanto isso, no mundo árabe e muçulmano, é respeitado como uma força de defesa contra a inferência exterior. Pode-se afirmar que sua meta principal é construir um Estado Islâmico Libanês, além de extinguir Israel.

O Hezbollah sobreviveu ao fim da guerra de Israel contra o Líbano e continua a atuar no Oriente Médio, principalmente a partir do Vale do Bekah, no sul do país. Sua fatia armada é conhecida como Jihad Islâmica, acusada de cometer inumeráveis atentados e assassinatos em Israel e região. Seu poder é tão intenso, que é possível encontrar subdivisões dela na Europa, África e Américas do Norte e Sul.

Seus criadores, em grande parte eclesiásticos xiitas, foram profundamente influenciados pelos ideais do aiatolá Khomeini, e seus membros foram formados e disciplinados por um grupo da Guarda Revolucionária Iraniana. Em 1985, um manifesto do Hezbollah expunha seus três objetivos principais – eliminar toda organização de tendência colonialista, julgar os falangistas pelos crimes cometidos e criar um estado muçulmano no Líbano -, embora ultimamente seus adeptos não falem mais sobre a edificação de uma nação islâmica.

O ódio principal do Hezbollah tem se voltado cada vez mais para Israel, país considerado ‘sionista’, estruturado a partir do arrebatamento violento das terras dos muçulmanos. Este sentimento cresceu desde julho de 1993, quando os israelitas desencadearam contra esta organização a ‘Operação Ajuste de Contas’, que resultou em 86 mortos, 480 feridos, 360 mil libaneses transferidos do Sul do Líbano para Beirute e na condenação externa de Israel.

Hoje o ‘Partido de Deus’, de mera organização paramilitar, converteu-se em um grupo político, com cargos conquistados no parlamento do Líbano, uma rádio e um canal de TV via satélite. Além disso ele detém vários projetos de progresso social. O Hezbollah goza de um grande prestígio entre os populares xiitas libaneses, e de algumas manifestações de simpatia da parte de sunitas, drusos e cristãos.

Esta força xiita desenvolveu, junto a outras organizações políticas do Líbano, os chamados protestos políticos do Líbano de 2006-2008, contra o primeiro-ministro Fuad Siniora. Mais tarde, graças ao Acordo de Doha, o Hezbollah conquistou o direito ao veto no Parlamento, ao mesmo tempo em que se estruturou um governo de unidade nacional, dentro do qual ele detém um ministro e onze das trinta cadeiras disponíveis. Apesar da retirada oficial dos israelenses do território libanês, este Partido é preservado como força armada com o poder de resgatar qualquer território invadido.

O Hezbollah não está livre das fissuras internas, que ganharam vigor de 1989 em diante. Em 1991 Abbas Musawi foi escolhido para liderar o grupo, mas foi morto logo em seguida, em fevereiro de 1992, por um grupo de Israel. Este assassinato teria possivelmente deflagrado o atentado à embaixada de Israel em Buenos Aires, pouco tempo depois.

Mapa do Líbano
Google Images

O Hezbollah constitui-se em um dos principais movimentos de combate à presença israelense no Oriente Médio, utilizando de ataques de guerrilha.

O Hezbollah recebe ajuda financeira do Irã e da Síria, além de doações de libaneses e de outros xiitas pelo mundo. O partido também ganhou uma força militar significante nos últimos anos. Apesar de uma certificação de junho de 2008, pelas Nações Unidas, de que Israel havia se retirado de todo o território libanês, em agosto daquele ano o novo gabinete de governo do Líbano aprovou uma proposta que assegura a existência do partido como uma organização armada, e garante o seu direito de "liberar ou recuperar terras ocupadas." Desde 1992 a organização é chefiada por Hassan Nasrallah, seu secretário-geral.

Atualmente goza de certa popularidade no mundo muçulmano xiita por ter assumido a responsabilidade de levar Israel a deixar o sul do Líbano em Junho de 2000. Sendo porém duramente criticado por governos sunitas e da irmandade muçulmana de diversos países por estar envolvido na guerra civil Síria. Em Bahrain, o ministro do Exterior descreveu o chefe da Hezbollah como terrorista e o presidente do Egito pediu que o Hezbollah pare sua agressão ao povo sirio.

O Hezbollah parece estar se espalhando pelo mundo, sendo inclusive acusado pelos EUA de ter membros venezuelanos

Extraído do blog pastor Ismael Brito: AQUI EU APRENDI

O PODER DITATORIAL DO FORO DE SÃO PAULO


O estilhaçamento do Império Soviético foi marcado pela queda do Muro de Berlim em 1989. No ano seguinte, por influência de Fidel Castro, o PT convidou partidos e organizações de esquerda (inclusive guerrilheiras) das Américas Central e do Sul para discutirem num Foro, realizado em São Paulo/SP (daí o seu nome), a nova situação mundial, buscando o ressurgimento do domínio comunista sobre uma vasta área, de forma a compensar o que fora perdido na Europa Oriental.

Os principais líderes, Lula e Fidel, este ainda influente em que pese sua saúde precária, sempre deixaram claro que o objetivo principal do Foro, muito embora as profundas diferenças entre os países,  é promover a integração econômica, política e cultural da região, culminando com a implantação do comunismo. Num primeiro passo, substituindo a democracia representativa pela plebiscitária e, após a instalação de regimes autoritários e/ou populistas, chegar à instalação de um ente político supranacional. É nesse sentido que deve ser vista a criação da UNASUL, do PARLASUL, do Conselho de Defesa da UNASUL , de um futuro Banco do Sul e, sem dúvida alguma, a pressão brasileira para incluir a Venezuela no MERCOSUL que, em verdade, não vai lá muito bem das pernas. 

A grande e insofismável verdade é que parte dos integrantes do Foro de São Paulo, especificamente aqueles que se aninham sob as asas chavistas estão buscando, por todos os meios e modos, criar um clima de confrontação com a Colômbia, menos pelo apoio que ela recebe dos EUA e mais pelo sucesso que vem obtendo no combate às FARC, estas contando com o apoio tanto da Venezuela quanto do Equador. Na visão de tais energú-menos, atacada a Colômbia em duas frentes e sem contar com o apoio estadu-nidense, estariam criadas as condições para a concretização do sonho megalomaníaco de Chávez, qual seja a recons-tituição da Grã-Colômbia dos áureos tempos de Bolívar. E as constantes viagens de Marco Aurélio Garcia, o “assessor pa-ra assuntos internacionais” do presidente brasileiro à Caracas, revelam que este não está  tão ignorante com referência ao assunto quanto pretende fazer crer.

Vamos e venhamos: os EUA não estão instalando bases na Colômbia e sim utilizando instalações já existentes e que permanecerão sob o comando e o controle da Colômbia. De mais a mais, não serão 1400 homens, entre militares e civis norte-americanos, que desequilibrarão a balança do poder na América do Sul. O perigo a ser enfrentado são os arreganhos belicosos de Chávez e a posição do governo brasileiro que reclama da permissão colombiana para a utilização de suas bases enquanto, muito convenientemente, se omite quanto ao apoio da Venezuela e do Equador às FARC que, todos sabem, são parte integrante do Foro de São Paulo.

Depois do calote equatoriano, da expropriação das instalações petrolíferas na Bolívia, da humilhante rendição de Itaipu, assistimos ao cocalero Morales preparar-se para expulsar os agricultores brasileiros que vivem a até 50 km da fronteira e o “bispo” Lugo nada fazer contra as seguidas agressões aos “brasiguaios”. E qual a reação brasileira? “Bravamente” protesta contra a interferência dos EUA na América do Sul, depois de acatar imposições de ONGs internacionais e de governos estrangeiros quanto à forma de dirigirmos a nossa casa. Agora, para mal dos pecados,  aceitamos que nossa postura internacional seja ditada pelo Foro de São Paulo.

A grande e insofismável verdade é que, para não sermos taxados (na opinião do presidente brasileiro) de “imperialistas”, aceitamos que nos tratem como marionetes, em nome de interesses que nunca foram ou são os nossos.  

Olavo de Carvalho, profundo conhecedor do assunto, em um dos muitos artigos que escreveu sobre o FSP, formula uma pergunta que hoje é mais válida que nunca: Você acha mesmo que a organização que planejou e dirigiu a mais espetacular e avassaladora expansão esquerdista já observada no continente é um nada, um nadinha, no qual só radicais de direita ou teóricos da conspiração poderiam enxergar alguma coisa? Ou seja: a entidade que já domina os governos de nove países não admite, não suporta, não tolera que parcela alguma de poder, por mais mínima que seja, esteja fora de suas mãos. ... Com a maior naturalidade, como se fosse uma herança divina inerente à sua essência, o Foro de São Paulo, com a aprovação risonha do nosso partido governante, reivindica o poder ditatorial sobre todo o continente.

A democracia corre risco no Brasil. Nas eleições vindouras, a continuarem os atuais candidatos, o Foro de São Paulo estará a um passo de concretizar seu domínio sobre o maior e mais importante país da América do Sul. Se tal acontecer, muito tempo passará antes que possamos demonstrar que não somos melhores nem piores que nossos vizinhos... Apenas diferentes.

Fonte: INCONFIDÊNCIA

sexta-feira, 25 de julho de 2014

FEMININAS SEM FEMINISMO


Quem disse que pra se ter mais dignidade é preciso ser chamado de vadia? Desde quando um país que mais está havendo a emancipação da mulher reina o machismo? Que tipos de direitos merece uma pessoa que tira a roupa pra escandalizar mulheres de bem, crianças, famílias e os religiosos?

Conheçam mulheres que reconhecem as diferenças e sabem a importância dessas na sociedade, e entendem que o feminismo nada mais é que grupos de histéricas pagas com dinheiro público... e que não representam as mulheres que são dignas por natureza!



As feministas dizem lutar pelo direito de fazer o que quiser com o corpo, até mesmo o "direito" ao aborto... quer dizer: "Meu corpo, minhas regras" - não atentam para a vida dos mais inocentes "O corpo do bebê pertence ao bebê!



Defender depravações sexuais não significa progresso, significa destruir os alicerces morais - e por sequência outras estruturas - Pelo jeito que as feministas reivindicam os ''direito" até parece que o sonho de toda a menina é ficar na esquina afligindo seu corpo!


Igualdade chega a ser utopia considerando que complexidade do ser humano. Não passa de retórica para favorecer a política de distribuição de rendas com aparências de "justiça". O pior de tudo é que jogam esse discurso até pra interferir na natureza feminina.


O método de chocar é o que as feministas mais usam para desestruturar os conservadores, religiosos e a família tradicional. Pra isso elas chegam ao absurdo de deixar pernas e axilas iguais aos dos homens. Pra elas mudar o senso comum é a maior missão... o problema é quando esse senso trazido só são aceitos entre elas.


Não é necessário criar uma realidade paralela, viver na paranoia de uma sociedade patriarcal e machista pra gritar e mostrar uma pseudo liberdade. É possível ser mulher, ser feminina, ser sensível e ao mesmo tempo ser digna, respeitável e coerente com a realidade de uma civilização sadia.


O método de Stalin de usar militantes como idiotas úteis é muito usado no Brasil. É evidente que as feministas são as maiores das escravas por, pouco dinheiro, estragar sua vida, sujar sua imagem em nome de um sistema político que trará prejuízo para todos... até mesmo pra elas!


A realidade é que uma verdadeira feminista consciente aprovaria mil vezes a versão bíblica para  a mulher: Jesus foi o homem que mais honrou as mulheres, foi uma mulher que impediu um genocídio na Pérsia, foram as mulheres as mais corajosas na hora da crucificação de Jesus!

Olha o que diz a Bíblia machista: "Quem encontra uma esposa, descobre algo excelente: recebeu uma benção especial do Senhor" - Provérbios 18:22. E também: "Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor em muito ultrapassa os das mais finas jóias! Mulher virtuosa, quem a pode achar? - Provérbios 31:1

Extraído de ESPAÇO OLAVETTE

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS





  
  

ISAÍAS PROFETIZOU A VINDA DE MAOMÉ?



Visto que o Alcorão alega que a Bíblia contém "claras profecias de Maomé" (7:157  e 61:6), os maometanos têm estado desesperadamente em busca de tais profecias há quase 1400 anos. Alguns dos mais famosos apologistas maometanos, tais como Ahmed Deedat e Zakir Naik, tentaram demonstrar que a Bíblia refere-se a Maomé no Livro do Profeta Isaías 29:12. Zakir Naik escreve:
Maomé (paz esteja com ele) é profetizado no livro de Isaías:

É mencionado no livro de Isaías, capítulo 29 verso 12:

"Ou dá-se o livro ao que não sabe ler, dizendo: Ora lê isto; e ele dirá: Não sei ler."

Quando o Arcanjo Gabnriel ordenou a Maomé (p.e.c.e.) que dissesse Iqra - "Lê", ele respondeu, "Não sei ler".
E portanto,  Maomé é alegadamente o homem iletrado que recebe um livro em Isaías 29:12.

Mas Isaías 29:12 não fala de um profeta, mas sim de um povo que rejeita os profetas de Deus! (Por esta altura, é de admirar o porquê dos maometanos não acusarem Zakir Naik de heresia ou apostasia por ter aplicado este versículo a Maomé.)

Nos primeiros dez versículos do capítulo 29 do Livro do Profeta Isaías, Deus anuncia que Ele irá punir Israel e os inimigos de Israel: os primeiros serão punidos por pecarem contra Ele, e os segundos por terem atacado Israel. Deus envia o profeta Isaías para anunciar estes castigos, mas Deus diz a Isaías que o povo não irá prestar atenção à sua mensagem. Ele diz nos versículos 11 e 12:
Pelo que, toda a visão vos é como as palavras de um livro selado, que se dá ao que sabe ler, dizendo: Ora lê isto; e ele dirá: Não posso, porque está selado.
Ou dá-se o livro ao que não sabe ler, dizendo: Ora lê isto; e ele dirá: Não sei ler.

Note-se no que ocorre aqui: Isaías recebe uma revelação, mas Deus diz-lhe que o seu povo irá rejeitar a revelação. Esta mensagem é como um livro selado; se ela é dada a alguém que sabe ler, ele dirá "Não posso, porque está selado". Se se der a alguém que não sabe ler, ele dirá, "Não sei ler." De qualquer das formas, portanto, o povo recusar-se-á a prestar atenção aos avisos de Deus.

Curiosamente, no versículo seguinte (Isaías 29:13) Deus diz:
Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de Mim, e com a sua boca e com os seus lábios Me honra, mas o seu coração se afasta para longe de Mim

O Senhor Jesus cita esta mesma passagem nos Evangelhos para condenar o povo pela sua desobediência a Deus (Mateus 15:7-9). Logo, quando os muçulmanos afirmam que Isaías 29:12 se refere a Maomé, eles estão a afirmar que o seu profeta era espiritualmente cego, que o seu coração estava longe de Deus, que ele rejeitou a revelação de Deus, e que o Senhor Jesus o iria condenar tal como Ele condenou os Fariseus.

Claro que se os muçulmanos insistirem que este versículo é sobre Maomé, os Cristãos não colocarão qualquer objecção. Tudo o que podemos fazer é orar para que eles não sigam a rebelião de Maomé contra Deus até à perdição eterna.

Fonte: PERIGO ISLÂMICO

terça-feira, 22 de julho de 2014

UMA GUERRA MAIS SUTIL DO QUE O CONFLITO ARMADO


Uma coisa é bom para que todos entendam quando ocorre um fenômeno histórico, político, geopolítico etc., é que uma guerra nunca vem apenas da forma armada; vem de forma política nos parlamentos, nas estruturas políticas de outros países (aliados ou não) e também da forma mais complexa e difícil de ser observada: A guerra de propagandas.

A propaganda sempre tem por efeito trazer uma percepção das coisas que não condizem totalmente com a realidade, antes, para produz comportamentos, opiniões e pensamentos erroneamente a respeito de determinada coisa.

É verdade que em todos os casos de guerra e conflitos entre nação, sempre saberemos as coisas corretamente bem depois dos fatos ocorridos, e muitas coisas por trás das cortinas dos acontecimentos nunca saberemos. Mas o que se sabe tem que ser dito e exposto independente dos lados.

Quanto esse conflito que há na faixa com certeza não seria diferente nessa guerra de propagandas que há em todo o Ocidente. Nas maiores editoras e meios de comunicação do mundo há muitos jornalistas declaradamente antissemitas e marxistas (antissemita por tabela ideológica) assim como muitas empresas de comunicação já estão nas mãos de muçulmanos São pessoas que consegue exercer troca de opiniões em milhões de pessoas em pouco espaço de tempo, e considerando que o jornalismo brasileiros se baseiam nesses "articuladores" claro que o assunto chegará tendencioso aos nossos ouvidos. Por isso, não os considero como formadores de opinião, mas como "alienadores" dessas:

Os alienadores de opinião são caso sério! Por meio deles muitas pessoas bem intencionadas, porém desinformadas tecem cobras e lagartos contra Israel na questão da Faixa de Gaza. 

Inocentemente acabam por inverter a percepção correta da estatura moral dos lados no conflito baseando-se apenas nas fotos de pessoas atingidas e não na estrutura real dos acontecimentos.

1) A luta de Israel não é contra os palestinos, mas sim, contra o Hamas.

2) Israel não está atacando, está CONTRATACANDO...há um abismo de diferença.

3) O exército israelense avisa e incentiva por meio de panfletagem e divulgadores (com dificuldades pois o Hamas se opõe), os civis palestinos a evacuarem os locais antes dos ataques pra não morrer inocentes.

4) O Hamas não é exército nem força de segurança, é um força terrorista que tem relações com a Al Qaeda, Talibã, Al shaab e declaram abertamente que desejam "varrer Israel do mapa".

5) Sendo o Hamas um grupo terrorista, eles não têm por compromisso a proteção dos palestinos, mas sim, desestruturar os judeus por meio do terror através da guerrilha. Eles são o braço armado que age ilegalmente; existe o braço político agindo "legalmente" pra alcançar a vitória da jihad (guerra ''santa'' do islã).

6)Não é de admirar que eles estrategicamente escondem foguetes e mísseis em escolas, asilos e até hospitais usando os civis como escudo humano com o duplo objetivo de se protegerem e ao mesmo tempo gerar o escândalo da morte de inocentes.

7) Enquanto os soldados fazem o máximo pra avisar os palestinos a saírem da zona de conflito, os terroristas incentivam a ficarem para o exército israelense revidar os ataques com cautela.

8) Enquanto a meta do Hamas é tomar a força Jerusalém, a de Israel é apenas de se proteger...até pra isso o mundo está censurando os judeus!

Ninguém quer morte de inocentes! de nenhum dos lados! Mas a questão que enfatizo agora não é as vítimas da guerra armada no Oriente Médio, são as vítimas da GUERRA DE PROPAGANDA no Ocidente que é tão sutil, complexo; e por vezes incompreensível à primeira vista a ponto de fazerem pessoas de bem estarem a favor de terroristas sanguinários.

Se tem uma coisa tão danosa que o terrorismo armado dos fundamentalistas, é o terrorismo intelectual dos pseudojornalistas!



EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

  1. A EDUCAÇÃO DA MANEIRA DO HAMAS
  2. O IDEAL DO HAMAS
  3. HAMAS: NÃO SOMOS TERRORISTAS, QUEREMOS APENAS DESTRUIR ISRAEL
  4. O ANTIJUDAÍSMO E O CUMPRIMENTO DE PROFECIAS



sexta-feira, 18 de julho de 2014

DECLARAÇÃO EXTREMISTA: "OS CRISTÃOS NÃO TERÃO NADA, SOMENTE A ESPADA"


Acompanhamos o surgimento do império da Sharia, onde se afirma categoricamente o senso comum muçulmano e inferioriza toda cultura e condutas cristãs. Mesmo depois de tanta carnificina na Síria, Nigéria, Iraque e Quênia os terroristas islâmicos no iraquianos deram três opções aos cristão que restam em Mosul (antiga Nínive): Conversão ao Islã, imposto de cristão ou a espada (decapitação).

Essa é a foto do documento:


No início da declaração há um louvor à Alá pelas vitórias contra "as associações" (cristãos):

"Louvado seja Deus o vencedor do Islã que humilha as associações com a sua subjugação e que rendeu os dias com a Sua justiça, paz e oração de Deus levantando a luz do Islã com sua espada."

O Patriarca Louis Sako disse que não há mais cristãos em Mosul: "Pela primeira vez na história do Iraque, Mosul está vazia de cristãos."
  
Fonte: SHOEBAT

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O EX-GAY ROMÁRIO GARCIA RODRIGUES


A PAZ DO SENHOR A TODOS MEU NOME É ROMÁRIO GARCIA RODRIGUES TENHO 23 ANOS.
TUDO COMEÇOU QUANDO TINHA NOVE ANOS DE IDADE 1999 EU ERA DE UMA IGREJA QUE ERA TRADICIONAL, ACETEI JESUS NESTA IGREJA MAIS NÃO ENTENDIA MUITA COISA, MINHA CASA ERA UM BAR TODAS AS NOITES TINHA SERESTA TIPO MUITAS BEBIDAS, FORRO MEUS PAIS BRIGAVA MUITO ME LEMBRO DE QUE ELES SE SEPARARAM POR UNS DIAS MAIS GRAÇAS A DEUS NÃO FOI POR MUITO TEMPO GRAÇAS A DEUS VOLTARAM. 

MEU IRMÃO COMEÇOU A SE ENVOLVER COM UMAS AMIZADES USAR DROGAS MUITAS CONTENDAS MEUS PAIS NÃO ENTENDIA MUITO BEM , NÃO ME LEMBRO DE MUITA COISA SEI QUE FOI MUITO CONTURBADO MEU CRESCIMENTO. FOI AI QUE COMECEI A GOSTAR DE MENINAS ELAS NUNCA ME DAVAM BOLA, FUI FUI SENTINDO A INDIFERENÇA EM MINHA VIDA, MEUS PAIS CUIDAVA DE MIM MAS ELES NÃO VIAM QUE O INIMIGO JÁ ESTAVA TRABALHANDO EM MINHA VIDA.

COMECEI A FAZER UMA AMIZADE COM UM PRIMO, FOI AÍ QUE COMEÇOU O TRABALHAR DO INIMIGO, COMECEI A DORMIR NA CASA DESTE PRIMO, FOI AÍ QUE ELE COMEÇOU A MOSTRAR COISAS PARA MIM QUE FUI FICANDO CURIOSO, NÃO ME LEMBRO MUITO BEM MAIS FOI AÍ QUE TIVE A PRIMEIRA RELAÇÃO HOMOSSEXUAL. 

MEU OUTRO PRIMO APROVEITOU TAMBÉM; FOI PASSANDO O TEMPO ME AFASTEI DELES, FOI ENTÃO QUE ME AFUNDEI CADA VEZ MAIS NO HOMOSSEXUALISMO, FOI AÍ QUE ME FASTEI DE VEZ DA IGREJA, FIZ AMIZADES QUE ME LEVARAM PARA O MUNDO, CONHECI O MUNDO MESMO; USEI BEBIDAS, CIGARROS UM CERTO TIPO DE DROGA, TIVE VÁRIOS RELACIONAMENTOS... EU PROVEI DE TUDO , FIZ TUDO ISSO MAIS NÃO ME AFUNDEI MESMO A NÃO SER A VONTADE SER TRAVESTI.

MESMO ESTANDO NESTA VIDA SEMPRE TIVE TEMOR A MEU DEUS, COMECEI A RECEBER CONVITES PARA IR PARA UMA ESQUINA QUE IRIA GANHAR DINHEIRO ME PROSTITUINDO POR ALGUNS DIAS, ENTREI EM UMA ACADEMIA FOI AÍ QUE FIQUEI CEGO DE UMA VEZ. A VAIDADE TOMOU DE CONTA DE MIM TOMEI VÁRIOS REMÉDIOS , HORMÔNIOS TOMEI ANABOLIZANTES TUDO PARA MUDAR MEU CORPO, QUERIA FICA COM CORPO DE MULHER, FOI AÍ QUE CHEGUEI AO FUNDO DO POÇO.

 ME LEMBRO QUE NA MINHA SALA DE AULA TINHA UMA MENINA QUE SE CHAMAVA DÉBORA ELA TINHA SE RECONCILIADO COM CRISTO ENTÃO FOI SE AFASTANDO DO GRUPO QUE TINHA NA MINHA SALA, SEI QUE COMECEI A ESCULHAMBAR, CHAMAR ELA DE CRÊUSA (UMA PERSONAGEM QUE TINHA EM UMA NOVELA DA GLOBO QUE SE DIZIA CRENTE MAIS ERA UMA PROSTITUTA), ACABOU AS AULAS E NOS AFASTAMOS.

 ANTES DE EU FICAR DOENTE TIVE DOIS LIVRAMENTOS DE MORTE, UM DE TIROTEIO E DE UM CARA QUE IA TIRANDO MINHA VIDA A FACADAS, O CHAMADO DE DEUS EM MINHA VIDA COMEÇOU 2012 EM UMA QUINTA FEIRA QUANDO FUI MALHAR NO MEIO DO CAMINHO NÃO ESTAVA SENTINDO NADA, MALHEI SÓ EM DUAS MAQUINAS, NÃO AGUENTEI COMECEI A SENTI DORES NO MEU CORPO CHEGUEI EM CASA E ME DEITEI. NO OUTRO DIA COMECEI A SENTIR FEBRE, NO SÁBADO COMECEI A FICAR COM DIARREIA E NO DIA SEGUINTE SENTI GLÂNDULAS NA MINHA VIRILHA E PESCOÇO, GARGANTA INFLAMADA, NÃO QUERIA COMER MAIS SÓ BEBIA ÁGUA, NÃO DORMIA MAIS ACORDAVA COM MUITO MEDO.

FOI AÍ QUE DECIDI IR AO MÉDICO, SEI QUE COMECEI A EMAGRECER, SENTI QUE ERA O FIM PARA MIM, TIVE SONHOS HORRÍVEIS: SONHEI PISANDO EM SERINGAS, COSTURANDO A BOCA. QUE TIVE UM RELACIONAMENTO COM UMA PESSOA, SONHEI QUE ESTA PESSOA ME LIGAVA E FALA QUE EU IRIA DURAR SÓ QUATRO ANOS DE VIDA , FUI FAZER UNS EXAMES EM UM HOSPITAL QUE CUIDAVA DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS. SEI QUE FIZ UMA BATERIA MAIS ESTAVA CUSTANDO MUITO E NA IGREJA QUE EU CONGREGAVA ANTES ESTAVA TENDO UMA UM REUNIÃO SOBRE O VÍRUS DO HIV FOI ENTÃO QUE ME CONSULTEI COM UMA ENFERMEIRA CONTEI TUDO PARA ELA.

ME LEMBRO QUE ELA ME FALOU QUE SÓ QUERIA UMA CONFIRMAÇÃO QUE EU ESTAVA COM O VÍRUS, ELA EXPLICOU QUE AS PESSOAS SOBREVIVIAM COM OS COQUETÉIS E EXPLICOU TUDO, PASSOU VÁRIOS PAPÉIS, UM PEDIDO PARA FAZER O EXAME DE HIV E OUTRO PARA ME CONSULTAR COM PSICÓLOGO POR QUE ESTAVA MUITO PERTURBADO. MINHA MÃE SOUBE E CHOROU MUITO MINHAS IRMÃS E MEU PAI FALOU QUE EU ESTAVA FICANDO LOUCO, SEI QUE O EXAME SERIA DEPOIS DE ALGUNS DIAS E ME LEMBRO QUE CHEGOU O DIA, SÓ QUE CADA MINUTO QUE PASSAVA EU SENTIA UMA ANGÚSTIA ENORME. 

CHOREI MUITO E LIGUEI PARA MUITOS EVANGÉLICOS E PEDI ORAÇÃO, CONSEGUI O NÚMERO DA DÉBORA (A MOÇA DA ESCOLA QUE CHAMAVA DE CREUSA) QUANDO LIGUEI PRA ELA SÓ CHORAVA E ME LEMBRO QUE ELA FALOU ISSO "É SÓ SEU CHAMADO ROMÁRIO" E QUE ESTAVA ORANDO POR MIM , FALEI A ELA QUE ESTAVA DECIDIDO ACEITAR JESUS COMO ÚNICO E SUFICIENTE SALVADOR DA MINHA VIDA E MARCAMOS, ME LEMBRO QUE ENTREI DENTRO BANHEIRO DA MINHA CASA E FIZ UM CLAMOR QUE NUNCA TINHA FEITO. 
CLAMEI PARA DEUS QUE ME DESSE UMA SEGUNDA CHANCE. 

SEI QUE O DIA DO EXAME FOI UM DIA DIFERENTE, ERA O MEU CHAMADO, FIZ MEU EXAME PARA HONRA E GLÓRIA DO SENHOR DEU NEGATIVO, ESTAVA ME ARRUMANDO NO DOMINGO PARA IR PARA A IGREJA, MEU CELULAR TOCOU, ERA UMA MÃE DE UMA AMIGA MINHA ME FALANDO QUE O CARA QUE QUERIA ME MATAR TINHA SUMIDO E QUE ENCONTRARAM ELE MORTO NO IML. TOMEI UM SUSTO, ACEITEI VERDADEIRAMENTE JESUS NO DOMINGO NA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS CANAÃ E NA SEGUNDA-FEIRA FUI PEGAR TODOS OS EXAMES E PARA A GLÓRIA DO SENHOR TODOS OS MEUS EXAMES DERAM NEGATIVOS, DEPOIS DE UM TEMPO FIZ DE NOVO EXAME DE HIV PARA TER A CERTEZA, NESTE TOTAL FIZ QUATRO TODOS DERAM NEGATIVO.

ISSO É UM POUCO DO MEU TESTEMUNHO E AINDA NÃO TERMINOU DEUS AINDA TEM MUITAS PROMESSAS PARA CUMPRIR, PARA A GLÓRIA DO SENHOR SOU LIBERTO DO HOMOSSEXUALISMO JÁ FAZ, UM ANO OITO MESES POR AÍ, E ME SINTO LIVRE PARA A GLÓRIA DE DEUS, DEUS SEJA LOUVADO ESSE TESTEMUNHO É PARA ELE É PARA A GLÓRIA DELE É TUDO PARA ELE AMÉM!

Extraído do facebook: ex-gays

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS



A MALDADE INTERNACIONAL ANTIJUDAICA


Com absoluta certeza, a unanimidade nas opiniões é que não haja guerra, não haja inocentes mortos e que acabe todos os conflitos. É necessário estar sempre atento para não cometer injustiças diante dos acontecimentos na guerra entre Israel e Hamas (não Israel e Palestina como sugere muitos).

Atrelado a essa guerra existe outra, a das informações. Há um verdadeiro terrorismo intelectual no Brasil que, de forma sistemática e contínuo, são suprimidas muitas informações na estrutura dos fatos, exemplo: Poucos sabem que Hillary Clinton negou reforço militar para proteger o diplomata americano em Benghazi antes de ser assassinado - ler aqui. Não só nesse, mas na maioria das informações e notícias internacionais é visado não o decorrer dos fatos o alinhamento ideológico delas.

Considerando o bem controlado fluxo de informações e opiniões articuladas na grande mídia brasileira, não é de se espantar que a maioria dos bem intencionados telespectadores ficam odiosamente contra a ofensiva do Estado de Israel e as muitas imagens de civis atingidos pelo Ataque do Exército de Israel. 

Porém o estupro da inteligência acontece quando invés de chamar radicais jihadistas chamam o Hamas de "movimento palestino", a dificuldade de mencionar que o Hamas deseja varrer Israel do mapa, que eles usam os civis como escudo humano quando efetuam seus ataques e que todo o mundo árabe-muçulmano condena o contra-ataque de Israel. Quer dizer que o Hamas pode tranquilamente lançar foguetes e Israel não pode se defender? 


Por que será que  quase nenhum meio de comunicação brasileiro diz que o exército de Israel avisa os palestino antes do ataque para que não sejam atingidos? Que os palestinos podem entrar em muitos lugares de Israel, mas nenhum israelense pode entrar na Palestina? Que todo o muçulmano é declaradamente anti-Israel - o único lugar democrático do Oriente Médio? Que o Hamas é bucha de canhão do mundo islâmico para atacar abertamente a Israel?

"O porta-voz do Reino Hashemita da Jordânia pediu uma parada imediata na “agressão bárbara” de Israel.
A República Islâmica do Irã, responsável em grande parte pelo financiamento, treinamento e armamento do Hamas e outras organizações islâmicas, pediu ao Ocidente que condene a “agressão selvagem” dos sionistas “contra o povo inocente e indefeso da Palestina.”
O presidente Barack Obama igualou ambos os lados ao exortá-los “a não agir na base da vingança.”
Enquanto isso, a Liga Árabe quer que o Conselho de Segurança da ONU convoque uma reunião por causa da resposta de Israel aos foguetes que estão mirando seus grandes centros populacionais.
Mas muitos israelenses e seus amigos no mundo inteiro estão perguntando: Como é que o mundo pode condenar um país por proteger seu povo? Mas é exatamente isso que Israel enfrenta toda vez que é forçado a agir contra os que buscam sua destruição.
Não parece importar quantas vezes Israel explique, mesmo que muito bem, sua posição, nem importa se Israel tenta evitar danos colaterais enquanto está destruindo fábricas de munições, depósitos de armas, locais de lançamentos de foguetes e túneis de contrabando de armas na Faixa de Gaza.
Os líderes israelenses prometeram que a operação em Gaza se expandirá e continuará até que o ataque de foguetes cesse e a tranquilidade volte.
“O Hamas pagará um preço pesado por disparar foguetes contra os cidadãos israelenses,” o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse depois de se reunir com o ministro da Defesa Moshe Ya’alon, o tenente geral Benny Gantz, chefe do Estado-maior das Forças de Defesa de Israel, e o general-de-divisão Sami Turgeman, chefe do comando do Sul.
“A segurança dos cidadãos de Israel é prioridade absoluta. Nosso exército é forte, a frente interna é firme e nossa nação é unida,” Netanyahu disse.
“O Hamas escolheu o aumento da violência,” Gantz disse. “A outra organização se uniu a ele e nós usaremos todo o poder que temos, em graus variados, para garantir o que consideramos vitória. Cobraremos o preço total [do Hamas] pelo erro estratégico que fez.”
Ya’alon também disse que o Hamas pagaria “um preço muito pesado” e a campanha terminaria “numa questão de dias.”
“Estamos destruindo as armas [das organizações terroristas], a infraestrutura terrorista, os sistemas de comando e controle, as instituições, os prédios governamentais, as casas dos terroristas,” Ya’alon disse. “ E estamos matando terroristas no alto comando da organização,” se referindo aos ataques aéreos precisos que eliminaram um terrorista de alto nível do Hamas na quarta-feira enquanto ele viajava de moto no norte de Gaza.
“Continuaremos a atingir bem forte o Hamas e outras organizações terroristas do ar, mar e terra a fim de garantir a segurança dos cidadãos de Israel,” Ya’alon disse.
A maioria dos israelenses apoia a operação total do governo contra os jihadists com sede em Gaza. Muitos esperam que as Forças de Defesa de Israel conseguirão de forma vitoriosa destruir tanta infraestrutura terrorista quanto possível, que estão agora ameaçando os grandes centros populacionais do Estado judeu." - CBN

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS 


  1. HAMAS: NÃO SOMOS TERRORISTAS, QUEREMOS APENAS DESTRUIR ISRAEL
  2. A VERDADEIRA EDUCAÇÃO QUE O HAMAS DESEJA
  3. FAMÍLIA ISRAELENSE DOARAM RIM PARA UMA CRIANÇA PALESTINA
  4. UM MUÇULMANO COM SOBRIEDADE

segunda-feira, 14 de julho de 2014

A DIFÍCIL TAREFA DE SER VOCÊ MESMO



Estamos em tempos nos quais as pessoas estão solitárias em meio a multidões, cativas em plena liberdade e com conflitos em tempos de paz. Tais condições psíquicas não são causadas por acontecimentos externos, mas por fenômenos internos, na alma humana. A formação de um ser humano, a construção da sua personalidade e o desenvolvimento das suas capacidades só são possíveis em liberdade, mais precisamente a liberdade no seu interior.

Tais são esses tempos em que a sociedade está se tornando mais tribalista nas formas de grupos sociais que forçam a cada um tomar posições em pró de uma causa que não conhecem, opiniões de fatos que não entendem e protestar contra problemas que não lhe interessam deixando dilemas pra quem desejam simplesmente viver. O “problema” é quando você, sendo uma pessoa única e diferenciada dos demais tem a sua vida vigiada – acredito que o título desse texto também deveria ser “a maior das minorias”.

Uma coisa é você ser perseguido pelo faz, por ter opiniões polêmicas, posições políticas diferenciadas, religiões alternativas ou atitudes variadas (essas chegam a ser normal), mas outra coisa é você ser perseguido pelo simples motivo de você existir – pelo que você é!

Ser sincero consigo mesmo exige coragem, manter convictas suas posições exige intrepidez e questionar o senso comum já é entregar sua cabeça à forca! A necessidade de ser aceito por grupos fazem das pessoas capazes de venderem suas consciências trocando de conceitos e opiniões simplesmente por medo de exclusão. A solidão na vida de uma pessoa carente é mais angustiante do que a companhia da sua própria morte!

Grande parte das pessoas não conseguem encarar o diferente, o desconhecido por isso as reações podem ser as mais diversas. Faz do pensador o inimigo de todos, o ignorante aplaudido e o néscio ovacionado; se já fizeram até com o Deus encarnado! A agressão física violenta o corpo, o preconceito a alma e a blasfêmia o espírito.

Ser diferente é viver constantemente ao lado de inimigos, perdoar o que ofende e lutar pra sobreviver em um tempo que não lhe pertence, num momento histórico que não lhe compete e com pessoas que não lhe entendem.

Isso tudo se encaixa perfeitamente com a vida de um cristão autêntico, não no aspecto religioso da coisa, mas da ‘nova vida’ dita por Jesus, de ter uma cosmovisão diferente, daquele que obedece e vive aos moldes eternos independentemente. Seja no Oriente como no Ocidente ser cristão é nadar contra a corrente!

No Oriente Médio ser cristão autêntico significa ser decapitado, na Coreia do Norte fuzilado e no Ocidente socialmente marginalizado. Tanto em um como no outro exige-se a firme convicção de enxergar o invisível e palpar o intangível!

Ser você mesmo é aceitar a condição de peregrino na Terra. É uma dura tarefa de tal forma que não aceitável o “meio termo”. É entregar de bandeja sua imagem pra ser difamada, sua fé questionada e, se permitirem, seu corpo crucificado! Por isso o pior suicídio é aquele que  vende suas preciosas diferenças pra ser simplesmente igual aos outros, que negocia sua vida eterna por um prazer temporal em nome da aceitação e prefere virar um Judas do que sofrer pelo que crê!

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS