sexta-feira, 28 de novembro de 2014

QUE COMECE A REPRESSÃO VIRTUAL!


O Brasil está cada vez mais se tornando um lugar averso às liberdades de todos os aspectos, está se tornando uma Venezuela em escala continental. Pelo fato de o governo reeleito ser o partido membro e criador do Foro de São Paulo, é evidente que o Brasil terá muita semelhança com os países difíceis de se viver como Cuba e Coreia do Norte.

Tem se percebido nos últimos anos que uma das prioridades do Foro nos países em que se encontra no poder é regulamentar a imprensa e mordaçar opositores. Seja em qualquer meio de comunicação terá uma patrulha ideológica que usará as desculpas de "combate ao crime de ódio"e "direitos humanos" para reprimir opiniões que não agradam o movimento que promove o regime que está sendo instalado no Brasil.

A Secretária de Direitos Humanos no Brasil está de fato seguindo fielmente essa agenda de coerção. O governo federal criou uma patrulha pra rastrear opiniões que pra eles se caracterizam opiniões discriminatórios na internet - segundo a Ministra dessa secretária Ideli Salvatti "é necessário identificar e investigar crimes de ódio na internet".

Com certeza, o tema que receberá grande respaldo desse projeto é a homofobia - o lobby mais poderoso no Brasil e o mais útil para o Foro de São Paulo. O uso da classe homossexual e das teorias conspiratórias de homofobia e preconceito surtem muito efeito no âmbito político para os socialistas.


Ministra da Secretária dos Direitos Humanos Ideli Salvatti

A patrulha da mordaça será formado por representantes de diferentes ministérios, com o apoio do Laboratório de Estudos em Imagem e Cibercultura (Labic) da Universidade Federal do Espírito Santo. Eles criaram um aplicativo capaz de monitorar em tempo real milhões de mensagens em redes sociais: Twitter, Instagram, Youtube e Facebook.

Gostaria de saber se os milhões de opiniões, ataques e ofensas aos cristãos e sua religião ter a proteção dessa ação de "crimes de ódio"... penso que não! Opiniões contra brancos, héteros, cristãos conservadores, classe média, pró-Israel, pró-capitalista e pós-meritocracia serão os alvos dessa Gestapo disfarçado de direitos humanos.


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Fonte: MEIO NORTE

1. PC DO B X SHEHERAZADE
2. UM ALENTO CONSERVADOR NO JORNALISMO
3. FORO DE SÃO PAULO E A LIBERDADE DE IMPRENSA
4. A FORÇA CONSERVADORA NA INTERNET

Nenhum comentário:

Postar um comentário