sábado, 1 de novembro de 2014

LIBERDADE CUBANA EM AÇÃO: ESPOSA DE PASTOR É PRESA


É impressionante como a contradição dos universitários brasileiros que dizem lutar por Direitos Humanos e Liberdade mas aplaudem o regime de Cuba onde não há liberdade nem pra comprar o que quer. Já é de se esperar que nenhum deles conhecem o monstro que alimentam.

O comunismo tem alergia a liberdades. Seja qual for: liberdade econômica, de mercado, de pensamento, de comportamento.. de tudo, e não seria diferente no âmbito religioso.

A esposa de um pastor batista, Yoaxis Marcheco foi presa por ter contato com elementos "contrarrevlucionarios", ou seja, pessoas que supostamente oferecem oposição a ditadura cubana. O pastor marido de Yoaxis se chama Mario Felix que é ativista dos direitos humanos.

Além de prender Yoaxis, forçaram a assinar um documento que poderia justificar futuras prisões (golpe para prisões injustas, típico de comunistas), mas incrivelmente ela resistiu e não assinou esse documento.

Cada vez mais Cuba está ferindo as liberdades religiosa que já é tão escassa na ilha prisão. As igrejas além de autorizadas, não podem ultrapassar a 200 membros. Se caso ultrapassar é considerado perigo a ordem social (traduzindo: foco de oposição política). Há décadas os cubanos vivem assim - repressão, repressão e repressão. Dilma Roussef deveria repensar essa grande relação política e ideológica que tem com essa ditadura.


Fonte: GENIZAH

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

3 comentários:

  1. Contradições e mais contradições. Parece-me que o factor aqui não é o comunismo,mas o conjunto de ideias retorcidas que alguns dirigentes têm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que está a coisa amigo. Não há espaço para outras ideias desde que o Partido Único reina em Cuba; logo é reprimida, assim como na Coreia do Norte. Abraço

      Excluir
  2. "Cheguei aqui, através do: http://santaclaraartesanato.blogspot.com.br.
    bjin http://clahmakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir