sábado, 18 de outubro de 2014

CONFIRMADA A SENTENÇA DE MORTE PARA CRISTÃ ASIA BIBI NO PAQUISTÃO


É triste e lamentável a coragem que a justiça paquistanesa mantém, aliás permite, que a Constituição de seu país a Lei de Blasfêmia que pode punir a morte quem provavelmente emite injúrias contra o profeta sagrado do Islã e o Alcorão - livro sagrado dos muçulmanos.

O Paquistão é um país de imensa maioria muçulmana e onde os cristãos não têm muitos direitos. Logo, a corda pode puxar pelo lado mais fraco; muitos casos de polícia onde as autoridades ao saberem que as vítimas são cristãs fazem corpo mole para ajudar (quando ajudam ainda). Os cristãos não podem ter cargos públicos, bons empregos muito menos em atividades de influência na sociedade como professores, intelectuais e jornalistas.

O Bispo de Pune - Mons. Thomas Dabre disse: "Eu esperaria uma interferência das autoridades e organismos internacionais para pressionar o governo do Paquistão a retirar este castigo, assim como as leis draconianas de blasfêmia, que denuncia uma mentalidade negativa e contrária aos direitos humanos."

Continua a boa dica e proposta do Senador Republicano Rand Paul de que "nenhum centavo de dólar deve ser doado a países que matam cristãos".

Fonte: AN

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário