quarta-feira, 1 de outubro de 2014

A IGREJA DE CAMARÕES SOB A MIRA DOS EXTREMISTAS ISLÂMICOS


Os extremistas islâmicos da Nigéria Boko Haram estão aspirando em agir no país vizinho Camarões por abrigar cristãos refugiados.

Os terroristas já controlam muitas cidades da Nigéria. Eles querem implantar a Sharia onde se instalam e extinguir cristãos: Matar os homens, converter as mulheres e tomá-las como esposas. 

Na aldeia de Cherif Moussary uma igreja foi saqueada e queimaram a casa do pastor local; muitas famílias cristãs foram expulsas de suas propriedades. 

São mais de 9.600 cristãos refugiados foram registrados em duas semanas tamanha é a ação dos extremistas islâmicos da Nigéria.

Uma atividade importante no Camarões é a cumplicidade entre cristãos e muçulmanos no norte de Camarões para não haver conflitos religiosos e proteger a região de ataques sectários. Cerca de 40 líderes cristãos e muçulmanos estão juntos para promoverem uma cultura da paz entre as religiões. 

É necessário muito apoio internacional em todas as espécies: espiritual, material, financeiro, alimentício e bélico para fortalecer o exército, a polícia e a inteligência camaronesa por essas atitudes de colhimento dos muitos refugiados desse grupo que é o Estado Islâmico versão África: Boko Haram.

Fonte: WWM
EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. Os ataques vão continuar porque os islamitas aprendem a odiar e não a amar.
    Eles matam porque não sabem viver nem aceitam a diversidade.

    ResponderExcluir