quarta-feira, 10 de setembro de 2014

DECLARAÇÃO DE OTAWA SOBRE O CRISTIANISMO NA COREIA DO NORTE


DECLARAÇÃO OTTAWA SOBRE O RELATÓRIO DA COMISSÃO 
DE INVESTIGAÇÃO DE DIREITOS HUMANOS NA REPÚBLICA 
POPULAR DEMOCRÁTICA DA COREIA DO NORTE.
Emitida pela Religious Liberty Partnership
Abril de 2014

"Como membros da Religious Liberty Partnership (RLP) em reunião na 
cidade de Ottawa, Canadá, nós recebemos com satisfação as informações 
aprofundadas presentes no Relatório da Comissão de Investigação de Direitos 
Humanos na Coreia do Norte. Nós comemoramos pela rápida conclusão deste 
relatório crucial e sem precedentes, e o creditamos ao Juiz Michael Kirby e sua 
equipe de investigadores experientes, pela construção de um documento 
compreensível. A investigação foi conduzida de uma maneira consistente com 
normas profissionais do campo legal, e os detalhes deste documento são 
violações verdadeiramente terríveis de direitos humanos perpetradas contra o povo da Coreia do Norte."


A RLP está profundamente preocupada com:

- O absurdo sofrimento de centenas de milhares de pessoas - inclusive 
crianças - no vasto sistema de campos de concentração da Coreia do Norte;

- As severas restrições à fé religiosa, e o fato de cristãos norte-coreanos serem 
alvos de uma perseguição sistemática e flagrante;

- A indescritível violência praticada contra as mulheres nos campos de 
concentração, e também contra mulheres desertoras repatriadas pelo regime da Coreia do Norte, onde há graves denúncias de estupro, tortura, trabalho 
forçado, aborto forçado, infanticídio e execução;

-O sofrimento de refugiados norte-coreanos na China, sob risco de serem 
ilegal e forçadamente repatriados pelo governo Chinês, e enfrentando 
detenções prolongadas, tortura e execução;

- Relatos de inanição, má nutrição e privação de comida devido ao intencional 
racionamento ou à má administração.

A RLP se compromete a:

- Incrementar a profunda pesquisa sobre violações de direitos humanos e 
liberdade religiosa na Coreia do Norte, através da documentação de relatos de 
sobreviventes refugiados;

- Disseminar as informações sobre a realidade da vida dentro da Coreia do 
Norte através da publicação de relatos de perseguição;

- Advogar em favor do povo sofrido da Coreia do Norte;

- Assegurar que nossa retórica, apesar de forte, seja respaldada por ações.

A RLP convoca a comunidade internacional a:

- Ler e divulgar as informações encontradas no Relatório da Comissão de 
Investigação de Direitos Humanos na Coreia do Norte;

- Levar organizações internacionais e órgãos governamentais a tomarem 
medidas mais fortes à luz deste compreensível relatório;

A RLP convoca a igreja em todo o mundo a:

- Ser uma voz atuante na questão de direitos humanos na Coreia do Norte;

- Utilizar as informações contidas no relatório da comissão para orientar 
membros de igrejas ao redor do mundo, encorajando-os a orar;

- Usar sua voz junto aos legisladores para persuadi-los a manter o grande 
sofrimento dos norte-coreanos na agenda política internacional. 

A RLP recomenda que:

- Órgãos das Nações Unidas ofereçam assistência técnica para que os 
governos continuem seus esforços para iniciar uma reforma na Coreia do 
Norte, incluindo o imediato fechamento de todos os campos de concentração e 
libertação de todos os refugiados norte-coreanos; 

- A comunidade internacional insista com o Conselho de Segurança da ONU 
para se referir à situação da Coreia do Norte na Corte Criminal Internacional,para que esta investigue as sérias acusações de crimes contra a humanidade e 
processe os responsáveis;

- Todos os governos votem na Assembleia Geral da ONU por um tribunal 
independente que traga à justiça oficiais do governo da Coreia do Norte que 
têm perpetrado crimes contra a humanidade;

- A comunidade internacional crie uma lista acessível ao público de oficiais 
norte-coreanos responsáveis pela execução das formas mais ultrajantes de 
violações de direitos humanos e os puna.

FONTE: ANAJURE

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. meu irmão lá a situação é muito mais pesada dso que possa imaginar, as torturas, existe um lugar tipo uma fazenda só q não tem nada para eles fazerm e nem para comer, e lá são colocados todas as pessoas q não aguentam mais trabalhar como escravos, e osa idosos por lá morrem, serão torturados sempre mesmo não estando na prisão. lá não é permotodo nascer menina, mais as gr´pavidas, já sabendo ganham seus filhos fugindo, só que quando eles focam sabendo q é uma menina, mandam cortar os ´porgãos gemitais e a criança vai sangrando até morrer. Quando nascem nos hopspitais eles colocam dentro de um baode com água para a menina morrer afogada.

    ResponderExcluir