quinta-feira, 21 de agosto de 2014

A SINCERIDADE SEGUNDO OS HOMOSSEXUAIS E O CONSELHO AUTORITÁRIO DE PSICOLOGIA


"Olá Ezequiel, conheci teu blog através da sua postagem no blog do EXGAY ainda não vi todas as suas postagens, mas são bem interessantes, agradeço a Deus por aqui está sendo mais uma ajuda a mim =D" - Homossexual Anônimo

"Bom artigo. Tenho certeza que também vou conseguir me curar disso". - Homossexual Anônimo

"Só queria saber como, como o que te fez largar tudo ? Não consigo :(". - Homossexual Anônimo



"Eu vivo morrendo pelos cantos, não aceito o que acontece comigo, mas não tenho mais forças para lutar! É uma carência estranha, que ninguém pode suprir, conheço a palavra, busco sempre a Deus e espero o dia que talvez ele de fim a minha dor, já me aconselharam a abdicar, trabalho em 2 3 empregos para não ter tempo p pensar, como é difícil passar por isso!!!". - Homossexual  Anônimo 

"Quando eu vejo essas noticias, eu realmente gostaria de me levantar e aplaudir de pé gostaria de acreditar mesmo do fundo do meu coração, mas eu realmente não consigo, mas não é por que eu queira, mas sim pelo fato de eu ser um gay que não conseguiu se tornar um ex-gay e eu realmente não sei por qual motivo não aconteceu comigo, passei quatro anos tentando mudar, chorei feito um condenado, orei a Deus, altas madrugadas, mas eu cansei por que nada mudou, e vendo essas pessoas se dizerem ex-gays como se fosse a coisa mais simples do mundo deixar de sentir atração pelo mesmo sexo, me da um certo incomodo, não pelo fato de eles estarem tentando enganar as pessoas, por que eu realmente não sei se eles estão tentando enganar alguém, o problema é que não tem como provar que eles realmente mudaram, por que se tivesse uma prova de que ser ex-gay é algo realmente possível, eu com toda certeza tentaria mais uma vez, mas eu não tenho nenhuma prova disso, ou vocês acham que eles só por estarem casados são de verdade ex-gays? Não, essa não é uma prova, eles podem simplesmente estar suprimindo seus desejos e fingindo ser um casal pelo menos por parte dele, sem que a parceira ou parceiro saiba que ele ainda sente desejo por pessoas do mesmo sexo, eu não estou criticando, é apenas algo que eu gostaria de entender, eles se dizem ex-gays por que tiveram a ajuda de uma psicóloga, eu tenho varias perguntas, por exemplo:como se da essa cura gay?
O que é necessário ser feito?
 Como é que a pessoa passa a se sentir atraído por mulheres? quanto tempo leva pra que isso aconteça?" - Homossexual Anônimo

Não somente nesse blog, mas centenas de mensagens em outros blogs que tratam desse assunto em vejo comentários de homossexuais insatisfeitos com seus comportamentos enquanto o Conselho de Psicologia que se entrega tanto as causas LGBTT nada faz. Para eles não é o cliente que decide o que é melhor mas sim é o Conselho iluminado que conhece os corações dos homossexuais com sentimentos indesejados... bem disse o Deputado Marco Feliciano "É o único Conselho Federal de Psicologia do mundo que tolhe o direito do profissional de poder atuar. É o único que assusta, que amedronta o profissional e que ele não pode tratar de uma pessoa que o busque quando ele está com uma angústia inferior..."

Cada vez está mais evidente a má administração dessa autarquia além de suas tendenciosidades e militância. Hoje, mesmo com seu registro cassado em perseguição religiosa, Marisa Lobo ainda recebeu a cobrança (abusiva) de sua anuidade sem poder atuar como tal.

Que cresça mais e mais essas sinceras manifestações de homossexuais insatisfeitos e que fique visível a todos o quão esse conselho nada tem de psicologia, mas sim, de ideologia.

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS



   

6 comentários:

  1. E já orou com Fé para se libertar desse instinto que o domina ?
    Penso que na oração encontramos força e com mais força conseguimos deixar de acompanhar outros como nós e ambientes que nos seduzem.
    Não se martirize.Acredite e Deus fará o milagre.
    O Homem procura prazer.
    Procure orientar o seu prazer para ter uma vida limpa e cada dia mais cheia de felicidade. Também pedirei a Jesus - Caminho,Verdade e Vida - por ti.

    ResponderExcluir
  2. Por que muitos não conseguem? A Bíblia responde: "Há tempo para tudo debaixo dos Céus". Não adianta apenas crer em Deus, mas é preciso respeitar o tempo dEle. Não adianta querer mandar em Deus e dizer "me muda agora". A única certeza que todos que querem mudar têm que ter firmes em seus corações é esta: "UM DIA, não importa qual, EU SEI QUE ELE VAI FAZER A VONTADE DELE EM MIM". Muitos ficam sofrendo à toa. Os revoltadinhos abriram igrejas gays. Quando o grande enigma é entender e respeitar O TEMPO DE DEUS. Parabéns pela postagem!!!

    ResponderExcluir
  3. Quanto a essa questão da existência dos ex-gays.O que pode acontecer é o seguinte:Os desejos por pessoas do mesmo sexo diminuírem de intensidade com o tempo,mas sumir,desaparecer eles nunca vão desaparecer,eles vão estar sempre aí.O que uma pessoa ex-gay tem que entender é o seguinte: Que ele tem que deixar de praticar o ato e evitar ver pornografia gay na internet.Se ele conseguir se controlar e evitar essas coisas, ele não é mais gay.Se a pessoa tem desejos homossexuais e não alimenta esses desejos e consegue ficar sem praticar o ato e ver pornografia,ela não é mais gay.O homossexual tem que querer muito ter alguma coisa com alguém do sexo oposto e entender que parte do desejo dele é um desejo infantil.
    Quanto ao movimento gay,nenhuma lei seja de união e parceria civil por pares e duplas do mesmo sexo, seja a adoção de crianças por essas duplas ou pares,maior aceitação da sociedade quanto à "normalidade" do comportamento homossexual, nada disso vai preencher o vazio e a solidão de muitas pessoas que estão na homossexualidade.Porque o problema maior são os altos índices de promiscuidade sexual desse meio e não tanto a homofobia da sociedade.

    ResponderExcluir
  4. é incrivel a vlntade dessas pessoas de se livrarem deste mal que só agora estão sentindo a vontade imensa de voltar o que eles eram antes, e agora estão pedindo ajuda. Essas pessoas necessitam muito de ajuda, mesmo que seja atrvés dos blogs, comentários concelhos, vamos ajudá-los, eles querem e precisam de nossa ajuda.

    ResponderExcluir
  5. Eu diria o seguinte que a homofobia e o preconceito da sociedade é o responsável por 30% de todos os problemas enfrentados pelos homossexuais. 70% dos problemas dos homossexuais é devido ao próprio comportamento homossexual e as instabilidades do meio gay,tais como sentimentos constantes de vazio,depressão,solidão,ideias suicidas,além é claro dos altos índices de promiscuidade sexual nesse meio.Ou seja,uma boa parte dos problemas enfrentados pelos gays se deve à promiscuidade do meio GLBTT.
    Nenhuma das leis que estão sendo aprovadas,tais como a união civil entre pessoas do mesmo sexo,adoção de crianças por pares e duplas do mesmo sexo,lei contra homofobia etc vão conseguir preencher o vazio e a solidão de muitas pessoas que estão na homossexualidade.A aceitação da homossexualidade como normal é apenas social,pois dentro dos consultórios de psicologia e de psiquiatria a homossexualidade continua sendo um problema.
    Na Holanda,que é o país que mais aceita os gays no mundo,os gays continuam infelizes,mesmo eles sendo aceitos por quase todo mundo.Foram feitas pesquisas recentes que começaram a constatar outros problemas entre os homossexuais.Um desses problemas é que em sites de relacionamentos,os gays ficam procurando e caçando o "homem perfeito e ideal", mas quando os gays percebem que o parceiro não tem uma aparência perfeita,um corpo perfeito,eles logo perdem o interesse naquela pessoa e procuram outra.A pesquisa também constatou que eles têm dificuldade em manter relacionamentos estáveis e de longo prazo e como resultado disso, eles experimentam tristeza e solidão.De onde eu tirei isso?Desse site:

    http://www.josephsciambra.com/2014/02/in-most-gay-friendly-nation-on-earth.html

    Na nação mais amiga dos gays na Terra, gays ainda são infelizes.

    E parece que nada indica, que esse quadro vai mudar no futuro.Essas pessoas que estão pedindo ajuda merecem toda a nossa ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, agradeço imensamente pelo comentário e principalmente pelo link dado - valeu!

      Excluir