quinta-feira, 10 de julho de 2014

ICLS - INSTITUTO CULTURAL LUX ET SAPIENTIA


Quem é que já não disse bobagens na vida? Que já se achou como autoridade em um assunto que pensa domina? Ou que tem o vício da pretensão de ser culto?

Isso é um aspecto de um indivíduo provinciano em seus conhecimentos e sentimentos do mundo que o cerca, a falta de humildade em querer aprender ou aceitar o fato que está errado já beira na deformação do caráter e mente embotada pra não buscar a verdade - que é a necessidade de todo homem segundo Aristóteles.

Percebo que todas essas atitudes encontramos em qualquer setor da sociedade brasileira; parece endêmico a doença de querer ser superior a qualquer custo, nem que seja a base de mentiras e pedantismos... estamos em um obscurantismo na intelectualidade tupiniquim.

Mas nem tudo está perdido! Em meio as ruínas da cultura, arte e moralidade nacional surge uma 'lux' que lança uma esperança para o ressurgimento da alta cultura e educação. Mesmo que de modo informal e sem a contemplação dos canudos aprovados pelo MEC (graças a Deus por isso) o Instituto Lux et Sapientia aparece como um alento para os que desejam sair da caverna da ignorância.

O Instituto não é nada pomposo, o desejo dos idealizadores é tão somente a difusão do conhecimento e o exercício da inteligência sem grandes ambições. Tales de Carvalho, Luiz Gonzaga de Carvalho e outros de gabarito compõe esse grupo que não deseja aplausos nem reconhecimento público. Seus cursos vão sendo implantados aos poucos entre eles: Filosofia, Cosmologia, Música, Literatura, Religiões Comparadas e outros mais.

Mesmo para pessoas que possam não concordar com tudo o que é dito pelos professores do ICLS (o que é natural em qualquer ensino) é necessário professores como esses em atividade no Brasil - pessoas com a percepção correta das coisas e sem tendências ideológicas.

Uma coisa é estudar religiões comparadas na perspectiva protestante, católica ou ortodoxa outra coisa é estudar na perspectiva da própria religião em questão em todas as suas comparações - seja budismo, islamismo, hinduísmo e outros. O maior conhecedor profundo dessas religiões é o professor Luiz Gonzaga de Carvalho.


Eu compreendo o zelo de muitas pessoas em querer defender apologeticamente seus pontos de vista e suas doutrinas - digo isso porquê grande parte dos leitores desse blog são cristãos evangélicos -, mas para aquisição do bom conhecimento é muito importante não atentar para as crenças e religião daquele que ensina. Ora, qual cristão que cursa uma faculdade que tem um professor ateu, marxista, esotérico e continua no curso sem ter sua fé abalada? É possível separar as coisas e filtrar o que está sendo ensinado! 

O ser humano por naturalidade tende a se desenvolver e evoluir na vida. A coisa mais valiosa para o homem é receber conhecimento sem ser manipulado ou aliciado intelectualmente, é ter várias inclinações culturais com ótimos professores que não têm por ideais o ganhar dinheiro e ser bem sucedido, mas sim, salvar alguns do estupro e terrorismo educacional de que essa geração é vítima.

Conheça um pouco do Instituto Cultural Lux et Sapientia e analise por si só:

Um preview da aula "Como Ouvir Música" com o prof. Felipe Scagliusi


Introdução à Religião Comparada (Preview, é necessário adquirir o curso completo)


O Princípio da Felicidade, ou: Introdução à Filosofia Moral - Preview da Aula 1


Clique no link e conheça o site - INSTITUTO CULTURAL LUX ET SAPIENTIA

Veja os videos no canal do youtube - ICLS YOUTUBE

Conheça a página no facebook: ICLS FACEBOOK

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário