terça-feira, 10 de junho de 2014

TERROR E TORTURA AOS CRISTÃOS IRANIANOS

                                                      Pastor americano-iraniano Saeed Abedini

Apesar de o Irã estar com um novo presidente, aparentemente tolerante (o que é difícil de acreditar devido ao poder dos aiatolás) há muitas maneiras de perseguir o crescente povo cristão no Irã. A dificuldade de se fazer por meios oficiais se dá pelo papel do Irã no cenário internacional - o que não é a mesma coisa com a Coreia do Norte, Afeganistão e etc.

Ativistas de direitos humanos confirmaram  que houve um aumento considerável deste mês no número de ataques aos cristãos do país que frequentam igrejas domésticas.

Um cristão iraniano informou que uma tal polícia secreta do Irã e da Guarda Revolucionária estão espancando e torturando cristãos para amedrontar toda a comunidade cristã desse país.

"Essas coisas poderiam ser uma tentativa por parte do Estado para intimidar a igreja", disse um pesquisador. "Essas agressões não estão sendo ocultados. Está sendo feito as mostras para os parentes dos presos informar à suas comunidades; é uma tática de intimidação."

Está havendo muitos casos de tortura, espancamento e terror contra os cristãos, principalmente contra os líderes e ex-muçulmanos. Ser cristão nesse país é ser estereotipado como "suspeito contra a segurança nacional" e suscetível a muitas penas criminais.

A Guarda Revolucionária foi criada para preservar a integridade da Lei Islâmica do Irã e qualquer um que não se encaixa no perfil político dessa lei é considerado automaticamente como ameaça.

Essa teocracia tirânica é uma prova cabal de que o Irã, mesmo sendo signatária dos Direitos Humanos da ONU, não tem qualquer compromisso com tais direitos... Um país que tortura seus próprios compatriotas por qualquer motivo é um país doente e indigno de se relacionar e fazer intercâmbio com outros - claro que nessa hora o dinheiro e petróleo sempre falará alto, e mais ainda que a ONU e outras instituições globais não fazem nada e fingem que não sabem!

Fica a boa dica do senador americano Rand Paul : "Nenhum dólar deveria ser doado a países que perseguem e matam cristãos e outras minorias."

Fonte: MORNING STAR NEWS    

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. sinseramente eu pensava que este Pastor já estava solto, mas pelo visto parece que nem vau ser solto. O mais trioste de tudo isso é saber que essas torturas já serão feitas para os parentes se amedrntarem e se converterem à religião deled, Com certeza está rolando muito petróleo, dinheiro. Como disse o americamo mão deveria entrar nenhum DÓLAR neste pais.

    ResponderExcluir