segunda-feira, 23 de junho de 2014

COMUNIDADE CRISTÃ ACUADA EM NÍNIVE

                                                   Mosteiro de São Mateus - Iraque

A Sharia está sendo implantada onde os pés dos jihadistas pisam. Pra eles não há autoridade do governo, o que vigora é a lei totalmente do extremismo islâmico o qual não permite dividir espaço com nenhum seguimento religioso. A antes pequena comunidade minoritária de cristãos agora está sendo reduzida a alguns números de famílias que persistem em ficar, mas começam a se movimentarem pra salvar suas vidas conforme a bandeira negra dos jihadistas vão avançando.

Cerca de vinte (20) famílias estão refugiadas no mosteiro de São Mateus para não serem oprimidos e provavelmente assassinados pelos guerrilheiros muçulmanos. O declínio da comunidade cristã é evidente e alarmante nos lugares onde as primeiras igrejas foram fundadas.



Andy Darmoo, um assírio que dirige uma instituição de caridade com sede em Londres para os cristãos iraquianos, disse que acredita que dos 800.000 a um milhão de cristãos que viviam nesse lugar, restam menos de 200.000 hoje.

Fonte: AINA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário