sábado, 24 de maio de 2014

MAIS ISLAMIZAÇÃO NA EUROPA

         Deso Dogg - cantor de Hip-Hop devocional ao islã na Alemanha

Investimentos a longo prazo, priorização na educação, mudança de estereótipo e ocupação de espaço são elementos necessários para a transmutação de civilização - no caso da Europa cristã para a Europa islâmica. Isso é fato e não tem como negar a potência com que age essa força histórico-religiosa em grande parte do Ocidente.

Muitos podem alegar que estão lutando contra o preconceito, discurso de ódio e outros crimes idealizados pelo politicamente correto. Mas ao observar, vemos que a espada de Maomé está alcançando todas as classes e setores da sociedade, até mesmo nos parlamentos.

Porém, os efeitos desses processos (que não são naturais em si, mas forçadas) tendem a efervescer e causar vários tipos de conflitos e tensões devido aos muitos cristãos que tentam resistir ao avanço muçulmano e conservar suas tradições e direitos na questão religioso-social.

Veja os novos fatos quanto ao islamismo na Europa:

A embaixada americana em Praga está financiando um projeto que visa promover o islã nas escolas públicas primárias e secundárias em toda República Checa.

Na Suécia estão dando legitimidade para processar qualquer um que expressar opiniões contra a imigração muçulmana... principalmente se for insulta ou calúnia - aí já é causa ganha!

É contado pelo menos 100 austríacos que participaram nos combates na Síria (como jihadistas). 44 já retornaram pra casa, 40 estão ainda na linha de frente e 19 foram mortos.

Finlândia: O vice-chanceler de Justiça desse país pediu para o Conselho de Educação analisar a música tradicional cantado no fim de ano nas escolas, porque segundo ele, as músicas tem conotações cristãs e poderia ser ofensivo para a crescente comunidade muçulmana do país.

França: A União das Organizações Islâmicas da França (UOIF) foi transformado em um núcleo francês para movimentos antijudaico que chega ao absurdo de culpar o sionismo pelas doenças na França, Iraque, Ruanda, Síria e África Central.

Na Grécia há muitas lutas políticas para o cumprimento e cancelamento da construção de uma mega-mesquita quase no centro de Atenas. Um grupo político de muçulmanos na Grécia descreveu as proposta para o cancelamento da mesquita de um "insulto ás centenas de milhares de muçulmanos que vivem em Atenas, a única capital na União Europeia sem uma mesquita.

Holanda: Segundo o relatório de 2013 do serviço de inteligência holandesa cerca de 100 holandeses viajaram para a Síria como jihadistas lá. 

Na Noruega a Associação de Mães Muçulmanos está sendo inserida nas escolas primárias para ensinar os valores árabes-islâmicos. Alguns partidos manifestaram oposição a essa lei aprovada pelo Ministério da Educação Norueguês. Em 28 de Abril o governo norueguês foi acusado pelos sauditas de não proteger a minoria muçulmana no país.

Em 20 de Abril foi morto lutando na Síria, o canto de rap islâmico Deso Dogg (foto) que cantava louvores à Osama Bin Laden e Mullah Omar do Talibã além de fazer juras de amor para a Al Qaeda em suas músicas. Personalidades artísticas têm muita influencia no pensamento dos jovens, o resultado é que hoje metade da população alemã acredita o islã é parte da cultura alemã e dois terços acreditam que a teologia islâmica deveria ser ensinado nas universidades.

É praticamente a mesma retórica usada no Brasil: favorecimento de minorias negando a própria democracia, leis que pune opiniões e fantasias sobre preconceitos ou discriminação (ainda possa haver, mas em pouca escala. Aumentar a gravidade do problema é necessário para as políticas sociais). Só que no Brasil os grupos são outros, mas a intenção e o alvo é o mesmo...


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS   

2 comentários:

  1. A europa esta a colher a porcaria que tem plantado. O único país que não está a ver um crescente descontrolado de muçulmanos é mesmo só aqui Portugal. Mas o resultado das eleições europeias mostram bem o que o povo acha disso tudo.

    ResponderExcluir
  2. ISTO FIZERAM OS PARASITA "DEMOCRATAS" ROOSEVELT E CHURCHILL, QUE DESDE 1945, ABRIRAM AS PORTAS DA EUROPA PARA OS MACACOS AFRICANOS ENQUANTO QUE OS EUROPEUS VIRARAM PEDERASTAS EM PARADAS GAY!

    ResponderExcluir