segunda-feira, 10 de março de 2014

DA TOLERÂNCIA A PERSEGUIÇÃO NA INDONÉSIA

      Após ser construída, igreja protestante é demolida na Indonésia.

No país mais muçulmano do mundo - Indonésia -, está se iniciando uma ameaça de perseguições a grupos minoritários, e já começou adivinha contra qual grupo?

O extremismo islâmico que nada mais é que uma ideologia revolucionária que está crescendo nesse país, tomando a mente dos jovens com ideias que, para se concretizar, não importa se por vias democráticas, culturais ou agressivas. Um exemplo claro disso foi em maio de 2012 onde 17 igrejas foram fechadas num intervalo de três dias.

Nos últimos quatro meses surgiram relatos oficialmente documentados que mutias igrejas não foram autorizados a ser construídos ou foram forçados a se fecharem.

Realmente é até curioso um país com 86% de muçulmanos como a Indonésia ser bastante tolerante (como era), era um exemplo devido a proporção de números de islâmicos (apesar de alguns casos isolados); mas agora essa reputação está se desvanecendo pelo mesmo problema que está ocorrendo na Síria, Egito, Nigéria, Afeganistão, Iraque e etc.: Ideologias revolucionária imantada de religião! A religião em si não é o mal, mas sim, a sua conjuntura política de dominação.

Fonte em inglês: WORLD WATCH MONITOR

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário