terça-feira, 17 de dezembro de 2013

EXTERMINANDO CRISTÃOS NA NIGÉRIA


A vida dos cristãos tornou-se insuportável na Nigéria - país em que cristãos representam 51,3% enquanto os muçulmanos representam 45% -, grupos extremistas fazem de tudo desafiando leis, a polícia e todas as instituições para implantar a Sharia no país... nem que seja necessário liquidar todos os "infiéis".

Vários ataques no sudeste da Nigéria contra agricultores cristãos deslocou 10.000 pessoas segundo os líderes cristãos locais.

Em outubro 34 cristãos foram mortos por um grupo extremista chamado Fulani: Alguns desses tiveram suas casas e igrejas invadidas e saqueadas.

No dia 2 e 3 de junho, 45 cristãos foram mortos por grupos extremistas islâmicos.

Em 29 de setembro, 13 cristãos foram mortos na cidade de Agatu... no início do culto!

Em 09 de novembro, muçulmanos armados mataram 25 cristãos em sete aldeias.

Devido a uma série de atentados contra aldeias e igrejas cristãs, cerca de 6.000 cristãos fugiram para salvar suas vidas nos estados de Apa e em Obagaji.

Além da matança de cristãos na Nigéria, há centenas de casos de pessoas incendiadas, igrejas destruídas, famílias expulsas das suas casas e aldeias. É um projeto violento de muçulmanos para diminuir o povo cristão da Nigéria; o banho de sangue não está despertando nenhum orgão de mídia no Ocidente - o que é deprimente.

"Se faz necessário invocar o auxílio de Deus diante dos frequentes ataques por muçulmanos contra comunidades cristãs" - Disse um líder cristão.

Fonte em inglês: MORNING STAR NEWS

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS




Um comentário:

  1. Não consigo comentar estas notícias... Cristo continua a sofrer nesses povos.
    Ele continua a ser sacrificado...
    Que Deus é esse que manda assim matar ...??
    Quem são esses grupos e que os apoia...?

    Desejo-lhe Boas Festas de Natal e Ano Novo.

    ResponderExcluir