terça-feira, 10 de dezembro de 2013

CHE GUEVARA, O RACISTA


"A sociedade está prestes a presenciar  uma revolução silenciosa, a que deve ser submetida e da qual não deve haver notícia alguma acerca da realidade humana tal qual o terremoto faz com relação às casas, ante ao seu terrível poder de destruição. As classes e as raças, fracas demais para dominar as novas condições de vida, devem ser submetidas à dominação." - Karl Marx, New York Daile Tribune 1853

Em 1952, em comentários a propósito da população de origem africana na Venezuela, Guevara expressa o que pensa sobre os negros:

" Os negros, mesmo os magníficos exemplares da raça africana que mantiveram sua pureza racial graças ao pouco apego que tem ao banho, viram seu território invadido por um novo tipo de escravo: O português[...] O desprezo e a pobreza os unem na luta cotidiana, mas o modo diferente de encarar a vida os separa completamente; o negro indolente e sonhador gasta seu dinheirinho em qualquer frivolidade ou diversão, ao passo que o europeu tem uma tradição de trabalho e economia." - Castaneda, 2006 pág.75

Após chegar na Costa Rica, escreveu o que se segue: "Fiquei do lado de fora com Socorro, uma negrita que eu tinha arranjado, com 16 anos no lombo e mais p**ta do que uma galinha." - Anderson, 1997 - pág.143

Numa entrevista radiofônica concedida logo após seu retorno a Havana, Che Guevara fornecia uma boa pista do que os negros e mulatos cubanos deveriam esperar da sua futura ilha. Um proeminente empresário cubano chamado Luis Pons, que por acaso era negro, perguntou, pois, a Che quais eram os planos da revolução para a ''população de cor": "Nós faremos por negros e mulatos exatamente o que eles fizeram pela revolução", rebateu Guevara. "Ou seja: Nada". - Fontova, 2009, pág.241

Veja citações de Che Guevara que a esquerda nunca irá mencionar:

1. “Louco de fúria, mancharei de vermelho meu rifle estraçalhando qualquer inimigo que caia em minha mãos! Com a morte de meus inimigos preparo meu ser para a sagrada luta, e juntar-me-ei ao proletariado triunfante com um berro bestial!”

2. “O ódio cego contra o inimigo cria um impulso forte que quebra as fronteiras de naturais das limitações humanas, transformando o soldado em uma eficaz máquina de matar, seletiva e fria. Um povo sem ódio não pode triunfar contra o adversário. “

3. “Para mandar homens para o pelotão de fuzilamento, não é necessário nenhuma prova judicial … Estes procedimentos são um detalhe arcaico burguês. Esta é uma revolução!”

4. “Um revolucionário deve se tornar uma fria máquina de matar motivado pelo puro ódio. Nós temos que criar a pedagogia do Paredão!” (O Paredão é uma referência para a parede onde os inimigos de Che eram mortos por seus pelotões de fuzilamento).

5. “Eu não sou o Cristo ou um filantropo, velha senhora, eu sou totalmente o contrário de um Cristo … eu luto pelas coisas em que acredito, com todas as armas à minha disposição e tento deixar o outro homem morto, de modo que eu não seja pregado numa cruz ou qualquer outro lugar.“

6 . “Se qualquer pessoa tem qualquer coisa boa para dizer sobre o governo anterior, para mim é bom o suficiente matá-la.”

7. Che queria que o resultado da crise dos mísseis em Cuba fosse uma guerra atômica. “O que nós afirmamos é que devemos proceder ao longo do caminho da libertação, mesmo que isso custe milhões de vítimas atômicas”.

8. “Na verdade, se o próprio Cristo estivesse no meu caminho eu, como Nietzsche, não hesitaria em esmagá-lo como um verme.”

9. “Deixe-me dizer, correndo o risco de parecer ridículo, que o verdadeiro revolucionário é guiado por grandes sentimentos de amor.”

10. “É muito triste não ter amigos, mas é ainda mais triste não ter inimigos."

Esse é o terrorista, criminoso e sanguinário mais amado do Brasil ! É triste ver como a desonestidade intelectual e falsidade histórica pode assassinar culturalmente toda uma geração.



Extraído dos blogs: GRAÇA NO PAÍS DAS MARAVILHAS e  SHOGUNIDADES

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário