sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

CAOS INTERRELIGIOSO NA REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA


Em Bangui, capital da República Centro-Africana está havendo conflitos civis que vão se explicitando como de caráter interreligioso. Muita violência e mortes de inocentes mostram a gravidade da situação no país.

Muitos cristãos foram mortos por grupos muçulmanos extremistas chamada "Seleka" de cunho religioso e político que não só matam cristãos e animistas como saqueiam suas casas, estupram mulheres cristãs. Está de tal modo violento o caos social que a população sendo maioria cristã e animistas formaram um grupo de defesa chamada Anti-Balaka e atacaram os muçulmanos subvergentes.

Aproximadamente já houve 700 mortos, entre eles, três pastores: Raymond Doui da Igreja Batista e tinha 11 filhos, Eliseu Zamada da Igreja Evangélica dos Irmãos e tinha 5 filhos e Jean-Louis Makamba da Igreja ELIM e tinha 9 filhos. Suas famílias fugiram e permanecem em êxodo.

Os números são alarmantes, pois além desses mortos na guerra civil religiosa, há também os feridos que morrem nos hospitais, muitos abatidos em suas casas ou são sequestrados e executados... está havendo um verdadeiro genocídio na República Centro-Africana. 

Assim como na Síria, usam e abusam do pretexto da agitação nacional para executar opositores de cunho religioso, o qual mantém a característica de intolerância religiosa e martirizações.

Fonte em inglês: WORLD WATCH MONITOR

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

2 comentários:

  1. Parece que estamos naqueles tempos da antiguidade onde os cristão não podiam levar a biblia na mão, esses conflitos só trazem mortes para as pessoas até quando que isso vai acabar espero que logo, Ezequiel passando pra desejar um ótimo final de semana beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muito triste isso.
    Vim agradecer por sua visita e pelas palavras no meu blog.
    Deus abençoe vc!

    ResponderExcluir