quarta-feira, 6 de novembro de 2013

UMA SOCIEDADE SEM ESTRUTURA


Para demolir a cosmovisão de uma nação é preciso que haja entendimento do que esta representa e de que maneira comanda os comportamentos das pessoas.

No Brasil o modus vivendi predominante é a da cristandade, que se reflete na sua forma conservadora de pensar, agir e se relacionar com as realidades da vida.
É uma cosmovisão bem alicerçada que permite o desenvolvimento de toda uma cultura. É ela que agrega nossas idéias, organiza o sistema de crenças e valoriza nossos sentimentos. E, em se tratando de uma regência social lapidada a milênios de anos pelo pensamento cristão; fica difícil a tarefa dos engenheiros comportamentais – detentores dos sistemas educacionais e controle de opiniões – de transfigurar toda a estrutura civilizacional.

Na nação tupiniquim não está tão difícil essa tarefa, seus reflexos estão por toda a parte e se expressando em tudo o que é evento cotidiano; triste é essa situação num país que tinha tudo pra dar certo!

A gradativa demolição da milenar cosmovisão cristã na cultura brasileira tem dado vazão e fomentação do culto ao erotismo, a exaltação da vigarice, a completa desorientação emocional da população além de produzirem toda a sorte de vícios, desencadeando num caos urbano em um país continental que há de sediar eventos mundiais.

Nesses tempos está se levantando uma geração clinicamente impulsiva, moralmente bárbara e psiquicamente doente da pós-modernidade.

Ainda resta um povo que pode socorrer e dar esperança nessas densas trevas em que o mundo se encontra: a Igreja de Cristo! Ela é o único instrumento para o agir de Deus na transformação de vidas que estão em abismo atrás de abismo; não é a toa que a maioria dos ex-alcoólicos, ex-criminosos, ex-viciados, ex-prostitutas, ex-homossexuais e etc., são pessoas lavadas e remidas no sangue de Cristo, sangue esse que tem poder até hoje para expurgar de toda humanidade.

Só clamo ao Senhor dos céus, Sustentador da Igreja, que os reflexos de uma nova cosmovisão não venha se alastrar no seio de seu povo (ainda que já age entre nós); pois, quando se tira uma visão de mundo, sempre é substituído por um outro... e é o que está acontecendo nesses tempos.


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário