terça-feira, 17 de setembro de 2013

A PRETENSÃO DO FORO DE SÃO PAULO



No IX Encontro do Foro de São Paulo, é homenageado Augusto C. Sandino, revolucionário nicaraguense e líder de grupos guerrilheiros. Terrorista, ele já tentou matar o filho e um proeminente conservador do local em 1921 além de organizar muitos ataques contra tropas do governo e fazendeiros que não se rendiam aos criminosos revolucionários. 

Sandino deixou um legado seguido incondicionalmente pela Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN); e como era de se imaginar, ele é tido como herói pelo Foro; mais um padroeiro do Lula.

E no final da Resolução feita na Nicarágua; a organização tem a pretensão de dizer que tem a solução da humanidade... essa é a mentalidade de psicopatas, terroristas e dementes que se acham acima do bem e do mal.


  LA IZQUIERDA FRENTE AL NUEVO SIGLO

"En conmemoración del 66 aniversario del asesinato del general Augusto C. Sandino, convocados bajo el título de "La izquierda frente al nuevo siglo; la lucha continúa", del 19 al 21 de febrero del presente año se celebró en Managua, Nicaragua, el IX Encuentro del Foro de São Paulo, que agrupa a aproximadamente ciento veinte partidos y movimientos políticos de todo el espectro de la izquierda de América Latina y el Caribe, evento al que también asisten invitados y observadores de Europa, Asia, Africa y Medio Oriente.

Como es usual, el IX Encuentro del Foro fue precedido por la celebración de talleres con diversos sectores de la sociedad, que estuvieron dedicados al intercambio de punto de vista sobre los temas de género, étnico, la lucha de los cristianos comprometidos con el cambio social, pequeños y medianos empresários progresistas, la lucha contra el neoliberalismo en la universidad pública y La coordinación entre parlamentarios de izquierda del subcontinente.

Los debates pusieron de manifiesto la convergencia de la izquierda continental en La lucha contra el modelo neoliberal y la necesidad de desarrollar alternativas de gobierno dentro de un contexto que responda a los intereses populares, con La aplicación de tácticas y estrategias que se ajusten a la realidad de cada nación. Em el discurso inaugural, el dirigente brasileño Luiz Inacio Lula da Silva, destacó La importancia de forjar la más amplia unidad en torno a proyectos nacionales destinados al beneficio de las grandes mayorías, lo cual aparece como un proyecto
crecientemente factible. Otros oradores en este acto inaugural fueron José Ramón Balaguer, miembro del Buró Político del Partido Comunista de Cuba, Pablo Monsanto, secretario general de la Unidad Revolucionaria Nacional Guatemalteca, Amalia García, presidenta del Partido de la Revolución Democrática de México y Tomas Borge, vicesecretario general del Frente Sandinista de Liberación Nacional.

En sus sesiones, los participantes en esta novena edición del Foro de São Paulo proclamaron que la única forma de salvar a la humanidad de una segura autodestrucción es colocar la satisfacción de las necesidades humanas y no La ganancia y el lucro individuales, como la prioridad básica de la sociedad futura.
En la clausura de este evento, que tuvo lugar frente a la casa museo Augusto C. Sandino, ubicada en la ciudad de Niquinohomo, a 45 km al Este de Managua, se Dio lectura a la declaración que lleva ese nombre, la que fue formalmente aprobada por todos los participantes en el Encuentro, así como se produjo la intervención final,que estuvo a cargo del secretario general del Frente Sandinista de Liberación."

TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS
   
A ESQUERDA FRENTE AO NOVO SÉCULO 

"Em comemoração ao 66 º aniversário do assassinato do general Augusto C. Sandino , convocada sob o título " A parte frontal esquerda do novo século, a luta continua " , de 19 a 21 de fevereiro deste ano foi realizada em Manágua, Nicarágua, no IX Fórum de São Paulo , que reúne cerca de cem vinte partidos políticos e movimentos de todo o espectro da esquerda na América Latina e no Caribe , que também participam do evento convidados e observadores da Europa, Ásia , África e Oriente Médio.

Como de costume, a Nona Reunião do Fórum foi precedido por oficinas com diversos setores da sociedade , que foram dedicados à troca de pontos de vista sobre questões de gênero, etnia, a luta dos cristãos comprometidos com a mudança social , progressistas pequenos e médios empresários , a luta contra o neoliberalismo em universidades públicas e coordenação entre os parlamentares deixaram o subcontinente.

As discussões destacaram a convergência da esquerda continental na luta contra o modelo neoliberal ea necessidade de desenvolver governo alternativo dentro de um contexto , que é sensível aos interesses populares , com a aplicação de táticas e estratégias que se encaixam na realidade de cada nação. Em discurso de posse , o líder brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva , destacou a importância de construir a mais ampla unidade em torno de projetos nacionais para o benefício da maioria , que aparece como um projeto cada vez mais viável . Outros oradores na cerimônia de abertura , José Ramón Balaguer , membro do Bureau Político do Partido Comunista de Cuba , Pablo Monsanto , secretário-geral da Unidade Revolucionária Nacional Guatemalteca , Amalia Garcia, presidente do Partido da Revolução Democrática no México e Tomas Borge , vice- geral Frente Sandinista de Libertação Nacional .

Em suas reuniões , os participantes desta nona edição do Fórum de São Paulo declarou que a única maneira de salvar a humanidade da autodestruição é um lugar se a satisfação das necessidades humanas e não de lucro e lucro individual, como a primeira prioridade da sociedade futura .
Ao final do evento, que teve lugar em frente da casa museu Augusto C. Sandino , localizada na cidade de Niquinohomo , a 45 km ao leste de Manágua, é Ele leu a declaração de mesmo nome, que foi formalmente aprovada por todos os participantes da reunião e aproveitou a intervenção final, que foi encarregado de secretário-geral da Frente de Libertação sandinista ."

Atas do Foro de São Paulo –A Esquerda frente ao novo século; pág 453.

-----------------

Diferentemente da Direita (categoria moribunda quase todo o mundo) esse eixo político-ideológico que abriga todas as frentes, movimentos e partidos de esquerdas do continente, se fortalece cada vez mais se unindo, interpretando os fenômenos sociais de cada país onde querem chegar ao poder criando uma massa críticas de idéias, de análises com debates e resoluções em perfeita ordem.

Oxalá a ala conservadora não se corrompesse ideologicamente em nome de um fingido “bom mocismo” e com a displicência de viver com “tapinha nas costas” pra não sofrer retaliações.


Essa organização é a grande responsável pela decadência cultural de vários países da América Latina, transformando-a em um instrumento de esquema de poder; também é responsável pela quebra total do senso comum – idealizada por Antônio Gramsci para a destruição do Ocidente em seus alicerces moral e espiritual.




EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário