sexta-feira, 19 de julho de 2013

24 COISAS EM QUE A RÚSSIA SUPERA A TODOS






A Revista Esquire em língua russa divulgou essa semana uma lista das 24 coisas que estatisticamente a Rússia supera em todo mundo... e algumas dessas coisas não são nada bons.


  • Maior consumidor de café instantâneo: Ultrapassou o Japão esse ano.
  • Maior fornecedor de tanques de guerras do mundo: As exportações deve chegar a 859 veículos de batalha.
  • Abortos: Houve 1022 interrupções de gravidez para cada 1000 nascimentos de acordo com as estatísticas do Estado.
  • Maior consumidor de vodka no mundo (novidade!): São ingerida 13,2 litros per capita de bebida em um ano.
  •  Maior consumidor de heroína no mundo: De toda heroína consumida no mundo, 21% são consumidos por russos.
  • Mortes causadas pelo álcool.
  • Mortes por acidentes de avião.
  • Maior percentual de fumantes.
  • Assassinatos de pessoas entre 10 e 29 anos.
  • Navegação na internet: Os russo são os que mais passam tempo na internet; em média ficam 6,6 horas diárias de acordo com o mercado digital comScore.
  • Maior país com ataques cibernéticos: Com 2,4 milhões de casos registrados somente em maio.
  • Dias de descanso: Há 28 feriados sancionados pelo Estado e 12 folgas nacionais.
  • São os que mais compram ouro no Banco Central.
  • Que mais pratica suborno no exterior.
  • Que mais tem reservas de petróleo de xisto.
  • Maior contratação de gestores de nível médio e superior.
  • Maior desigualdade de renda: 1% dos russos controla 71% das riquezas do país.
  • Terá os Jogos Olímpicos de Inverno mais caro da história: US$ 51 bilhões.
  • Maior armazenamento de armas nucleares do mundo.
  • Maior desmatamento.
  • Os lugares mais poluídos: Com 8 dos 35 lugares citados pelo Blacksmith Institute.
  •  Moscou tem maiores engarrafamentos do mundo.
  • Maior número de pescadores no gelo do mundo.
  • Maior número de pessoas com ensino superior do mundo.
Fonte: DIÁRIO DA RÚSSIA

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. Nossa muito interessante essas informações. Isso a mídia não mostra!

    ResponderExcluir