terça-feira, 4 de junho de 2013

MANIFESTAÇÃO PACÍFICA EM BRASÍLIA DIA 05 DE JUNHO



Com um bom exemplo da nação francesa, o Brasil também vai usar a sua liberdade (já em risco) de se manifestar. A realização do protesto será dirigido pelo pastor Silas Malafaia e outros líderes religiosos em pró da defesa da liberdade de expressão, liberdade religiosa, da família tradicional e da vida.

É esperado aproximadamente 100.000 pessoas no evento e terá também a presença de vários cantores do meio gospel.

Só é tão desanimador o fato que, por mais que a maioria esteja a favor da manifestação, as agendas esquerdistas não são de fato democráticas pois fazem a população engolir aprovações de projetos sem saber se é ou não constitucional ou segregam comunidades. Infelizmente é tenebroso as formas com que o governo e aliados configuram desrespeitosamente a sociedade.

Um belo exemplo da não-importância que as esquerdas têm para com a opinião da maioria é o caso da França, onde está havendo um choque intenso através de protestos violentos de pessoas que são contra o casamento gay e a adoção de crianças por esse tipo de casais. O presidente da França François Hollande ordenou as tropas de choque para dispersarem os manifestantes e a sua Ministra da justiça Christiane Taubira disse que agora é "o início de uma nova civilização".

É desse jeito que agem os partidos socialistas em todo canto do mundo...e no Brasil não será diferente, por isso que é importante os cristãos e conservadores de todos os âmbitos sociais não se iludirem com discursos populistas e ambíguas do PT, PSOL, PC do B, PTB, PCB, PSDB etc.

No Brasil (assim como no resto do mundo) não tem um pólo conservador tradicional, a resistência fica por conta dos religiosos que desejam salvar as crianças e a família tradicional.

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário