sábado, 4 de maio de 2013

UMA FORMA MAIS EFICAZ DE GENOCÍDIO. VÍDEO: HITLER, O ANTI-RACISTA (LEGENDADO)

Não é preciso muita coisa para mudar o curso da história, está mais que provado sociologicamente que a afabilidade e diplomacia fingida é uma arma mais letal que a força, brutalidade e guerras sangrentas. Assim como o holocausto de cristãos no primeiro século só fez crescer o número mas a "adesão" pacífica de Constantino conseguiu o feito, assim como o comunismo armado não conseguiu sua revolução mas o seu braço intelectual está conseguindo hoje sua transformação através da cultura; também é notável que muitos movimentos históricos não é necessário hastear a bandeira e se declarar como tal, mas sim "comendo pelas beiradas", a estratégia de Sun Tzu de conhecer seu inimigo mais que ele mesmo e se melhor, juntar-se a ele para o destruir desde dentro para fora.

Como reagiria Hitler nos dias de hoje? muitos sentem náuseas ao falar do racismo dele, mas, mal notam que há pessoas piores do que ele nas fundações mundias como ONU e Comunidade Euopeia, a diferença é que trabalham no âmbito cultural: formando opiniões em universidades, propagam imagens falsas da história, mudam o vocabulário do povo e etc.

Nessa forma, o antissemitismo (antijudaísmo por assim dizer) hoje, por incrível que pareça, está mais forte do que em outras épocas através de boa propaganda de um islã ( e ocultação de um lado obscuro) ao Ocidente e grandes discursos de tolerância e anti racismos e os "fobias" que tanto falam hoje.

Massificar opiniões, partidarizar a educação e mudar a visão de mundo de futuras gerações (com o esquecimento do passado) é o que tem dado mais certo no mundo; é o que as grandes ditaduras  mundiais tem feito com certo efeito, mas a forma cultural é o que está consolidando de forma que o povo não percebe por se tratar de uma guerra silenciosa.

Vejam o vídeo:

 

EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário