quarta-feira, 22 de maio de 2013

AEROMOÇA DEMITIDA POR USAR CRUCIFIXO RECEBE PRÊMIO PELA DEFESA DA LIBERDADE RELIGIOSA


No dia 17 de maio de 2013 na Universidade CEU em Madri, Nadia Eweida recebeu o prêmio que reconhece a sua "luta contra a discriminação religiosa no mundo ocidental". Ela é cristã copta no Reino Unido e tinha sido demitida da British Airways por usar um crucifixo no pescoço.

Porém nessa mesma empresa outros empregados podiam usar objetos religiosos como turbantes ou hiyab sem repressão alguma; com a reação da comunidade cristã e de meios de comunicação "alternativa" a linha aérea ofereceu à ela um cargo onde não usaria uniformes e nem teria contato com clientes, ao que ela se negou. Mas ela acabou voltando para sua função antiga com a mudança de política da empresa permitindo exibição de símbolos religiosos; esse caso se deu em 2007.

Fonte: LIBERDADE RELIGIOSA EM FOCO


EZEQUIEL DOMINGUES DOS SANTOS

Um comentário:

  1. Há muitos anos atrás eu já tinha ouvido que muita gente está pisando em ovos na Inglaterra com os muçulmanos que imigraram para o país.... Mas é absurdo que isso tenha se alastrado a esse ponto....

    *não sou cristão!

    ResponderExcluir