domingo, 27 de janeiro de 2013

Primavera Árabe = Portas Abertas. (Mudança de Opinião)





"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito." Provérbios 4:18. Esse é o versículo chave contida e vivida por esse blog; claro que diz respeito a vida de um justo na fé mas também pode com certeza corresponder ao conhecimento em geral; muitas vezes somos viciados em tomar partidos, lançar sentenças ou dar a palavra final a respeito de alguma coisa sem conhecer ela em toda  a sua abrangência e no seu estado mais puro; ou seja, o mais perto possível de sua fonte primária.

A mudança de opinião nem sempre significa oscilação no modo de ver as coisas ou uma atenção ténue dos fatos ao nosso redor; a mudança de opinião pode denotar um amante da verdade, um buscador da realidade que vai "brilhando mais e mais"; é o que eu tenho tentado a ser; com isso, apreendi diversas coisas em muitas áreas do conhecimento na sua estrutura real, completa e evidente dos fatos observados, contestados e comprovados; uma delas é a respeito do assunto deste post.

No dia 14 de março de 2012 eu fiz um post sobre Primavera Árabe = Portas Abertas dando um sentido benéfico não só para os habitantes desses lugares (no qual seria ao meu ver o florescer da democracia) mas também para a entrada de missionários cristãos e a expansão do evangelho sem impedimento no Oriente Médio e no Norte da África. Essa maneira de ver este grande fenômeno histórico/mundial é praticamente a mesma maneira de ver daqueles que querem que vejamos como uma situação boa; ou seja, a visão dos financiadores de toda essa revolução.



Essa chamada "Primavera" pode sim soar como libertação da opressão, assim como vimos em muitos desses países pessoas com bandeiras escritos Democracy/Liberty,  الديمقراطية / الحرية ; mas a realidade é infelizmente outra....é terrível e maléfica para a comunidade cristã instalada nesses países. Apesar do singelo pedido do presidente Barack Obama e Comunidade Europeia de fazer "uma transição pacífica e violenta" (como se fosse possível), mostra a hipocrisia e o caráter facinoroso desses líderes cujo o intento não é a democracia; percebe-se isso pelo grande investimento dos EUA (em época de crise) de bilhões de dólares para o fortalecimentos de rebeldes (armamentos) enquanto aumentava o desemprego no seu país, e a mesma coisa foi com a ajuda dos europeus mesmo com sua economia e situação política de muitos países respirando por aparelhos na época; daí nota-se uma projeção sistematizada revolucionária que não engloba somente os árabes e os africanos mas todo uma descaracterização do sistema político-social-econômico-religioso dessa extensa faixa de terra no mundo que sempre foi tão disputada.

Com essa revolução está caindo regimes totalitários e alguns radicais, mas o poder está sendo transferido para um governo ultra-radical e opressor em todos países islâmicos: A Fraternidade Islâmica. Países como Tunísia, Egito e Nigéria eram países de maioria mulçumana mas havia uma porcentagem considerável e bem respeitada de cristãos, porém com a Fraternidade Islâmica no poder suscitou-se grandes perseguições aos cristãos desses países; perseguições ferrenhas como assassinatos, queima de igrejas, ataques terroristas a estabelecimentos comerciais de cristãos, estrupos, ataques em colégios com educação cristã, execuções de missionários; enfim, toda sorte de genocídio para exterminar toda oposição haja vista que o grande intuito desse sistema político/religioso é o establecimento da Sharia em todos os países islâmicos.

Desde que a Irmandade Islâmica subiu ao poder no Egito, Tunísia e Líbia, está havendo muita perseguição contra os cristãos desde as mais altas esferas da política através de leis de coação aos cristãos até nas ruas por grupos extremistas; e diga-se de passagem, a Irmandade Islâmica é muito pior que todos os grupos extremistas como Al Qaeda, Hamas, Hezbollah, Talibã etc; esses são o braço armado que vai ganhando terreno para o braço político que é a Fraternidade governar.

Não duvido do poder de Deus em ainda continuar agindo através de missionários nesses lugares, sei que Ele pode fazer tudo sem dificuldade alguma; no entanto, está muito difícil agora com a dizimação em todo canto do Oriente Médio. Que Deus possa ter misericórdia da inépcia dos ocidentais e da perseguição contra nossos irmãos no mundo!

Cristãs mortos durante culto no Paquistão
Extremistas querem eliminar cristãos
Político americano pede o despertar da igreja sobre perseguição
Professor cristão é degolado no Iraque
Um cristão morto a cada 5 minutos
A intolerância do Islã e suas imputações
Cristãos são os mais privados dos direitos humanos



Ezequiel Domingues dos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário